Créditos: reprodução/TV Globo

Gleici do BBB 18

O “Big Brother Brasil” (BBB) vem chegando ao fim e na próxima quinta-feira, 19 o público vai escolher quem leva para casa 1,5 milhão de reais.

Entre os finalistas, a acreana Gleici Damasceno, de 22 anos, luta pelo prêmio. Ao participar do  reality show ela foi exonerada do seu cargo público na Assessoria de Juventude do Governo do Estado do Acre e com isso a família perdeu sua única fonte de renda: o salário da estudante de aproximadamente R$ 2.700.

Selo Facilite

A estudante de Psicologia era a única com um emprego fixo. Com sua renda mensal ela sustentava a família de cinco pessoas: a mãe, dois irmãos, um cunhado e uma sobrinha de 3 anos. Os familiares vivem na periferia da Baixada do Sobral, na capital do Acre, em Rio Branco. Agleuson, o irmão mais velho de Gleici ganha seu sustento com bicos, limpando ar condicionado.

A mãe de Gleici, Vanuzia Damasceno, que trabalhava como babá, foi recentemente demitida. Cada vez que a filha ia para um paredão ela precisava viajar ao Rio de Janeiro. As faltas fizeram com que a patroa a dispensasse. Ela conta a VEJA como tem provido o sustento à família sem o seu emprego: “Com a minha indenização eu consigo comprar algumas coisas na feira, mas quando falta algo, os meninos (amigos de Gleici) se juntam para ajudar”.

As viagens ao Rio de Janeiro são custeadas pela TV Globo. Apesar de Gleici ter ganhado R$ 10 mil e brindes, tudo isso só é liberado quando ela sair do programa. Enquanto isso, a família passa aperto financeiro na periferia da capital do Acre e conta com a ajuda de vizinhos e amigos para acompanhar os passos da sister durante o reality.

Antes de Gleici ir para o BBB 18 sua família não tinha internet banda larga em casa. Vizinhos e amigos estão custeando a mensalidade da assinatura de internet e TV para que a família consiga acompanhar a estudante durante o reality.

O problema é que a velocidade da internet no bairro onde eles vivem é tão deficitária que nas primeiras edições do quadro Família BBB, a família de Gleici não conseguiu participar. Maikon Amorim, amigo da estudante, que mantém as redes sociais de Gleici enquanto ela está no confinamento, explica a VEJA: “A produção do programa não conseguiu instalar a câmera para gravar a reação dos parentes dos participantes diante dos acontecimentos do reality show”.

A sister é uma das fortes candidatas a ganhar  esta edição. No último, dia 9, Ayrton, da família Lima, disse que não gostaria de enfrentar a estudante de Psicologia no paredão. Gleici por sua vez, compartilha da mesma opinião. Ela revelou recentemente que seu maior medo é disputar um paredão com Ana Clara e Ayrton, antes da final.

O “BBB 18” chega ao fim na próxima quinta-feira, 19. Você já tem o seu favorito? Dê sua opinião na enquete do Catraca Livre!

Quem vai ganhar o BBB 18? Vote à vontade