Créditos: reprodução/Twitter

Os jogadores no lance do clássico

A atitude de um jogador do São Paulo no clássico contra o Corinthians no último domingo, 16, deveria ser um exemplo para atletas do futebol e também qualquer pessoa.

Em uma jogada envolvendo o goleiro são-paulino Renan e o atacante corintiano Jô, o zagueiro Rodrigo Caio agiu com muita responsabilidade e ética.

O lance envolvendo os três resultou em um choque na coxa do goleiro. O árbitro não viu direito a jogada, e entendeu que havia sido Jô o responsável pela colisão, lhe aplicando o cartão amareloem seguida.

Mas Rodrigo Caio, em vez de se calar e ver o corintiano ser suspenso para a próxima partida, preferiu agir de acordo com a sua consciência: ele avisou o juiz de que havia sido ele, e não Jô, quem atingiu a coxa de Renan.

Depois da explicação, o árbitro retirou o cartão, e a atitude do zagueiro está repercutindo positivamente.

“Não fiz nada demais, fiz só o que deveria fazer”, disse ele, segundo a ESPN. O time dele perdeu a partida por 2 a 0, sendo que um dos gols foi justamente de Jô.

Veja a repercussão nas redes sociais do exemplo de fair play de Rodrigo Caio e, ao final, o vídeo do lance:


-


-


-


-


-


-


-

  • Leia também:

7 gentilezas para resgatar a fé na humanidade