O médico pernambucano Rui Ferreira, de 70 anos, já realizou 74 missões ao redor do mundo. Ele faz cirurgias reparadoras em crianças e adolescentes com deformidades nas mãos e em outros membros, vítimas das guerras em seus países.

As viagens começaram em 2004 e, desde então, o cirurgião participou de mutirões em Egito, México, Colômbia, Vietnã, Líbano e Jordânia.

A Colômbia já recebeu 25 missões. “É o país com maior quantidade de deformidade congênita das mãos no mundo, por causa do veneno usado para combater a plantação de coca”, explica.

Leia o restante da matéria aqui

Créditos: Médico atende crianças vítimas da guerra ao redor do mundo (Foto: Arquivo pessoal)

Rui Ferreira, médico brasileiro, durante consulta

  • Veja também:

6 motivos nos quais você deve viajar fazendo trabalho voluntário

Rede Catraca Livre

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.