O pequeno Sol Ryan não teve o melhor parto do mundo. Ele nasceu em uma posição inadequada e seu braço precisou ser amputado após 10 dias de seu nascimento.

Os médicos comunicaram que demoraria um ano para Sol receber uma prótese e mais três anos para que ele conseguisse receber uma que se movimentasse.

Mas seu pai, Ben Ryan, não esperou isso acontecer.

Ele largou a carreira de professor e começou a trabalhar no protótipo de uma prótese, lendo sobre adaptação em crianças e aprendeu como fazer designs e modelos usando scanners e uma impressora 3D.

Leia o restante da matéria aqui

Créditos: O pai de Sol desenvolveu uma prótese exclusiva (Foto: Reprodução)

O pequeno Sol e seu pai, Ben Ryan, que se dedicou a criar uma prótese para o filho

  • Veja também:

Criança de 9 anos cria prótese de braço em 3D para seu professor

Rede Catraca Livre

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.