Imagine o seguinte: você vê seu vizinho idoso consertando o telhado de casa sozinho, por semanas. Quer ajudar, mas não entende nada do trabalho. O que faz?

Fotos: Reprodução Facebook

Créditos: Fotos: Reprodução Facebook

Richard Dubiel consertando o telhado de casa sozinho

O americano David Perez tirou uma foto da cena, postou no Facebook e pediu aos amigos que compartilhassem para chegar a profissionais que entendessem do serviço e pudessem ajudar Richard Dubiel, seu vizinho de 75 anos.

Agora, imagine que você é um pedreiro especializado em telhados e, olhando seu Facebook, lê o seguinte post: “Estou tentando chegar a qualquer um com experiência em reforma de telhados. Então, por favor, compartilhe isso. Eu tenho um vizinho, o homem no telhado nesta foto. Ele tem quase 80 anos e está tentando terminar de pôr as telhas em sua casa sozinho. Sinto muito por ele, mas não tenho essa habilidade. Gostaria de ver se alguém pode doar seu tempo para ajudá-lo a terminar”. Qual sua reação?

Créditos:

Richard Dubiel, que teve apoio da comunidade para reformar o telhado

A de cerca de 20 pessoas, algumas de cidades vizinhas, foi doar seu tempo livre para ajudar um desconhecido.

Às 7h30 de 31 de agosto, uma hora e meia antes do combinado, 20 voluntários já estavam trabalhando no telhado da casa de Richard, contou David à TV NBC Bay Area. Várias outras pessoas doaram água, donuts e pizza a quem colocou a mão na massa.

Créditos:

Voluntários que ajudaram no conserto do telhado após convocação por post no Facebook

O post foi compartilhado 1.489 vezes, e a surpresa sensibilizou Richard. “Eu não acreditei quando ele [David] bateu na minha porta e disse que queria ajudar de graça. Que gesto!”, disse ao canal KTVU.

À TV Richard afirmou que nunca pensou em pedir ajuda, pois está acostumado a fazer as coisas por conta própria _ e que ficou emocionado com a atitude. “Estou impressionado. Você vê tanta negatividade por aí. Isso foi muito positivo”, disse.

“Só de saber quantas vezes as pessoas compartilharam, foi muito surpreendente o quão longe chegou. Os que deram seu tempo para ajudar um estranho... Foi muito edificante ver isso”, afirmou David.

Créditos:

Parte da equipe que reformou o telhado

Antes calculado em um dia de trabalho, o serviço acabou em cerca de quatro horas. A última telha foi pregada pelo dono da casa, a pedido dos voluntários. "Eu simplesmente não posso agradecer a todos vocês o suficiente", disse Richard, já com o telhado recuperado.

Rede Catraca Livre

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.