Como seria se Bela Adormecida e Cinderela, por exemplo, vivessem situações da vida real? Publicações que circulam na internet nos últimos dias inserem personagens clássicos da literatura no contexto atual e brincam com as possibilidades.

Nas releituras, a versão 2.0 de Bela cairia em um sono profundo durante conversa com um homem coxinha na balada.

bela_adormecida_moderna

Créditos: bela_adormecida_moderna

 

“Bela, a Adormecida, resistiu aos encantos do príncipe, que parecia estar mais interessado em falar de si mesmo do que qualquer coisa. Ao invés de cair nos braços do rapaz, a princesa caiu nos braços do sofá".

Em outro trecho do conto moderno, há relatos de que príncipes marcaram presença em uma festa de celebridades em São Paulo, mas que em vez de portar espadas, ostentavam copos de vodca com energético.

As histórias também abordam a situação econômica do país e revelam que Peter Pan teria dito que só cresceria quando a economia voltar a se estabilizar.

Confira as histórias na íntegra aqui:

Bela Adormecida cai em sono profundo após conversar meia hora com homem em balada

Contrariando a velha pergunta “onde estão os príncipes hoje em dia?”, uma porção deles marcou presença em festa de celebridades que ocorreu ontem, na Zona Sul de São Paulo. Mas no lugar das belas armaduras e espadas embainhadas, trajavam calças brancas e ostentavam copos de vodca com energético.

Só que todo este charme não surtiu efeito, de acordo com uma foto que circula nas redes sociais. A imagem mostra que Bela, a Adormecida, resistiu aos encantos do príncipe, que parecia estar mais interessado em falar de si mesmo do que qualquer coisa. Ao invés de cair nos braços do rapaz, a princesa caiu nos braços do sofá. "Se o papo já me fez dormir, imagina o beijo".

Branca de Neve, outra que marcou presença na festa, comentou a situação e defendeu a amiga. "Qual é? Alguém pode atualizar estes caras no quesito cantadas encantadas?", disse a jovem, que entrou e saiu da festa sozinha, mas garante que se divertiu. "Não comi maçã de bruxa nenhuma, mas conversar com esses caras me deu um sono..."

Enquanto Bela curtiu a noite sonhando com alguém que não perguntasse ‘como vai a princesinha?’, Cinderela, com o sapato na mão, foi embora mais cedo, garantindo que príncipe nenhum usasse a velha desculpa do sapatinho de cristal.

Peter Pan decide que só vai crescer depois que economia se estabilizar

Especialistas chegam ao País para entender por que a crise não está deixando ninguém crescer

Sattu Rodrigues

Créditos: Sattu Rodrigues

Peter Pan e seu novo arqui-inimigo: a vida adulta

O ano começa de verdade depois do Carnaval. Mas, ao que parece, a economia continua com o mesmo problema de crescimento, conhecido como Síndrome de Peter Pan, fenômeno comum entre alguns jovens, de 25 a 35 anos, que fazem de tudo para não ingressar na vida adulta.

Como medida emergencial, um comitê reuniu especialistas de diversas áreas com o objetivo de estudar ações para enfrentar a crise. Peter Pan foi o primeiro a chegar, acompanhado de Sininho. “Viemos voando nós mesmos, impossível pegar avião por causa dos preços da passagem”.

Durante entrevista coletiva na manhã de hoje, Peter resumiu a situação: “Está difícil ser adulto hoje em dia”. “Tudo ficou mais caro. Viajar para fora da Terra do Nunca? Pelo jeito, nunca mais.” – momentos antes de ser multado por voar acima dos 50km/h.

Mas não é só o menino que enfrenta a crise. A situação atingiu até as classes mais altas e mesmo o Capitão Gancho, conhecido por sua esperteza, cedeu aos tempos difíceis, largando a pirataria marítima pela digital: “Hoje em dia, tenho mais medo do Leão do que do Crocodilo. E no fim da história, esta crise afundou até o meu navio”.

Sherlock Holmes é chamado para investigar por que inventaram a tomada de 3 pinos

sherlock_holmes

Créditos: sherlock_holmes

 

BAKER STREET, 221B - Como diz o ditado, estamos sempre procurando tomada em focinho de porco, e ninguém melhor que o maior detetive do mundo para assumir esse novo caso. Sherlock Holmes e John Watson desembarcaram no país na manhã de hoje para descobrir por que raios inventaram a tal tomada de três pinos. “Achei que seria mais um caso de pessoas que adoram formar filas em qualquer lugar, mas existe um lugar onde até as tomadas são um mistério”, comentou Holmes enquanto procurava alguma que pudesse recarregar seu celular.

Outras situações também estão chocando a dupla antes mesmo de a investigação começar. “O Brasil não é nada elementar, meu caro. Os celulares têm até quatro chips, mas o 3G não funciona em nenhum”. Sherlock ainda achou estranho o fenômeno definido por ele como narcolepsia no transporte público. “É intrigante, basta um idoso ou uma grávida entrar no ônibus e as pessoas sentadas caem num sono profundo”.

Durante o evento oficial sobre a investigação dos Três Pinos, Holmes e Watson foram recebidos com apelos para que investigassem outros enigmas, como o caso dos motoristas que pensam que buzinar dá asas ao carro da frente, ou ainda descobrir por que o brasileiro tem mania de puxar papo sobre o clima no elevador. Mas ao que tudo indica, Sherlock irá desistir do caso da tomada e estaria mais interessado em desvendar o maior dilema de todos: afinal, o certo é biscoito ou bolacha?