A ONG PETA emitiu uma nota pedindo que as pessoas boicotem o filme

Créditos: Divulgação / Reprodução TMZ

A ONG PETA emitiu uma nota pedindo que as pessoas boicotem o filme

Cenas da gravação do filme "4 Vidas de Um Cachorro" (A Dog's Purpose) foram vazadas pelo site TMZ nesta quarta-feira (18) e revelam um cachorro da raça pastor alemão, chamado Hercules, sendo obrigado a entrar numa piscina com correnteza apesar de estar apavorado.

Com estreia mundial marcada para o fim de janeiro, as cenas de maus-tratos deverá — com razão — ter o sucesso de suas bilheterias afetado após a divulgação desse vídeo.

Nas cenas vazadas, o cão luta para não entrar na água e, assim que é forçado a entrar, é possível ouvir gritos e pedidos para parar a gravação porque o animal havia se afogado e sumido na água. Assista no player abaixo:

O filme, com estreia no dia 27 de janeiro, contará a história de um cão que reencarna na Terra quatro vezes para tentar achar seu primeiro tutor, que foi seu melhor amigo.

No Facebook, a ativista e protetora de animais Luisa Mell protestou: "Infelizmente, o filme que era para ser sobre amor de cães, acabou usando de maus-tratos para poder ser filmado. Lamentável, em todos os aspectos", escreveu.

Em nota, a ONG PETA convida a todos que gostam de animais para um boicote generalizado ao filme.

“A PETA está convidando os amantes de cães a boicotar o filme ‘4 Vidas de um Cachorro’ para passar a mensagem de que cães e quaisquer outros animais devem ser tratados com humanidade, e não como peças descartáveis de filmes. A nossa investigação sobre a empresa que comercializou os cães para o filme revelou que os animais não tiveram cuidados veterinários nem antes nem durante ou depois das gravações; foram forçados a dormir ao ar livre no frio, sem cama ou algo para se aquecerem; tiveram que ficar em ambientes sujos e sem banho regular; e muito mais.”

A Universal Pictures respondeu à situação lamentável. "Promover um ambiente seguro e garantir o tratamento ético de nossos atores animais foi de extrema importância para aqueles envolvidos na realização deste filme e vamos analisar as circunstâncias desse vídeo".