Créditos: divulgação Instituto Espaço Silvestre

Ave é a primeira filhote de papagaio-da-cara-roxa nascida no Instituto Espaço Silvestre, em Santa Catarina

No passado, era comum avistar grupos de papagaios-de-peito-roxo sobrevoando as matas da região que hoje abriga o Parque Nacional das Araucárias, em Santa Catarina. Infelizmente, o desmatamento e o tráfico ilegal de animais silvestres fizeram com que houvesse uma redução do número de indivíduos da espécie na região.

Desde 2010, entretanto, o Instituto Espaço Silvestre, em Itajaí, iniciou um projeto de reintrodução do papagaio no parque, com o objetivo de aumentar a população da ave a longo prazo.

Papagaios-de-peito-roxo, capturados por órgãos ambientais, são entregues à equipe da entidade. Muitos deles eram animais de estimação e, por isso, antes de serem soltos na natureza, precisam passar um processo de treinamento e reabilitação, que inclui, entre outras coisas, exames clínicos e laboratoriais e análise genética.

Continue lendo a matéria aqui.

  • Leia mais:

Censo mostra aumento de papagaios-de-cara-roxa no sul do Brasil

Rede Catraca Livre

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.