O apresentador Rodrigo Hilbert causou indignação ao matar um filhote de ovelha durante o primeiro episódio da sétima temporada de seu programa Tempero de Família, no canal GNT. A cena, gravada em Santa Catarina, foi ao ar na última quinta-feira, dia 10.

No episódio polêmico, Hilbert escolheu fazer churrasco de ovelha. O apresentador foi recebido na propriedade catarinense pelo pecuarista e dono do local. A dupla foi até o curral para pegar um filhote de ovelha de cerca de seis meses, conhecido no local como "borrego" - cordeiro ainda em fase de amamentação.

De acordo com o pecuarista, para que a carne de ovelha seja macia é preciso matar o filhote que ainda esteja mamando. Em seguida, Hilbert e o anfitrião cortaram todo o animal, retiraram os órgãos internos, a cabeça e o pelo. A edição do programa ocultou das cenas o momento em que o animal grita, mas é possível ouvir o sangue caindo na bacia colocada embaixo dele após as primeiras facadas.

Créditos: Reprodução/GNT

A brutalidade da cena causou indignação entre os internautas

Os espectadores criticaram a brutalidade da cena e também quando o apresentador brincou com o fato dos pelos do filhote serem muito macios, parecidos com um sofá. Depois de matar a ovelha, Hilbert a temperou com sal e fez o churrasco.

Na página oficial do canal GNT no Facebook, a emissora promoveu o episódio com uma foto do apresentador ao lado de um cavalo. Nos comentários, muitos fãs condenaram as cenas e disseram que não vão mais acompanhar o programa. "Como carne, mas não gostei de ver o pobre do bicho sendo levado pro abate e ainda mais sangrando daquele jeito", escreveu uma internauta.

1/4

Crédito da imagem: Reprodução/GNT

2/4

Crédito da imagem: Reprodução/GNT

3/4

Crédito da imagem: Reprodução/GNT

4/4

Crédito da imagem: Reprodução/GNT

  • Crédito da imagem: Reprodução/GNT

    1/4

  • Crédito da imagem: Reprodução/GNT

    2/4

  • Crédito da imagem: Reprodução/GNT

    3/4

  • Crédito da imagem: Reprodução/GNT

    4/4

Após as críticas, foi criada uma petição online para que a emissora tire Rodrigo Hilbert do ar. Para assinar, clique aqui. Para assinantes da NET, SKY, Claro TV, entre outros, basta entrar com login e senha neste link para assistir ao vídeo.

Com informações do Vista-se