Quando pensamos em realizar uma volta ao mundo ou uma viagem de um ano de duração, a primeira coisa que pensamos é: isso é impossível! Isso é coisa para milionários! Pois você está redondamente enganado. Viajar o mundo pode sair mais barato do que pagar as contas em casa.

A Carol, fundadora do Projeto ViraVolta, portal de conteúdo referência no Brasil para viagens de longo prazo, diz que esse é o principal paradigma que impede as pessoas de viver essa incrível experiência de vida, e há três anos ela tem feito esforços para mostrar que não existem limites para uma longa viagem ser cara ou barata, depende apenas das suas escolhas.

Créditos: Alexis Radoux/ViraVolta

Carol, fundadora do Projeto ViraVolta

Para entender melhor precisamos pensar em quatro coisas:

1 - Viajar por longo prazo é mais barato que viajar de férias

Esqueça sua referência de gasto nas férias, é preciso entender que viajar por longo prazo não é como viajar de férias. O padrão de gastos é completamente diferente. Em uma longa viagem é vida normal em movimento e você precisa fazer escolhas diárias para administrar bem a sua grana, assim como na vida normal. Já nas férias, você tem um período curto de tempo e se permite gastar mais como uma recompensa pelo trabalho duro um ano. Veja aqui um comparativo de gastos entre os dois tipos de viagem.

2 - Viajar o mundo pode ser mais barato que pagar as contas em casa

A verdade é que o custo de vida no Brasil é muito alto. Claro, levando em conta que existem realidades muito diferentes. Mas a verdade é que quase todos os viajantes de longo prazo que investigamos gastam menos em suas viagens do que eles gastavam parados aqui no Brasil pagando todas as suas contas.

Uma viagem de um ano com estilo de gastos baixos pode ser cerca de 43% mais barato em termos de gastos mensais do que pagar as contas aqui no Brasil. Já uma viagem de gastos médios pode ser 10% mais barato, porém, por conta do dólar alto no cenário atual. Se o dólar estivesse mais baixo a diferença seria ainda maior.

Para fazer esse estudo tivemos que considerar um gasto médio (porém entendemos que o padrão de gastos do brasileiro pode variar mui), que no caso foram gastos médios em capitais brasileiras. De qualquer forma, ao analisar as estimativas de gasto de viagem nas tabelas abaixo qualquer leitor será capaz de fazer uma comparação imediata com seus próprios gastos mensais para fazer essa avaliação.

Créditos: ViraVolta

Tabela com comparativos de gastos

É claro que mesmo ao saber que essa experiência pode ser mais barata do que as pessoas imaginam, a maioria alega que o problema seria ficar sem renda durante o período da viagem. Para isso, existem duas soluções que todos os viajantes usam: ficar 2 anos economizando toda a grana para realizar a viagem ou ganhar uma renda em quanto viaja. Não sabe como fazer isso? Veja 31 trabalhos que poderiam te permitir fazer uma grana durante a viagem. Talvez suas habilidades já permitam isso mas você nunca parou para pensar nessa possibilidade.

3 - Viajar barato faz toda a diferença

A maioria dos viajantes de longo prazo que encontramos pelo mundo não são pessoas com muita grana ou de família rica. São pessoas que se esforçaram muito para juntar uma graninha e que se viram durante a viagem para fazer ela perdurar. Existem viajantes que viajam com cerca de 8 dólares por dia. A verdade é que aprender a viajar barato é o que viabiliza esse tipo de experiência para a maioria das pessoas.

Por isso a ViraVolta criou um curso "Um Guia Prático para Viajar Barato" que passa todas as dicas e o passo a passo de como economizar até 80% em suas viagens, para que as pessoas possam viajar mais, por mais tempo, entendendo que viajar dessa forma pode ser bem mais de prazeroso do que elas imaginam.

4 - O Segredo é se planejar

Para quem realiza essa experiência com a grana apertada o segredo é se planejar. Pois quando não temos uma meta de gastos durante a viagem o dinheiro voa e você acaba voltando antes pra casa. O planejamento vai permitir que você entenda qual estilo de viagem se encaixa na sua realidade financeira e vai te ajudar a tomar decisões durante a viagem sem estourar seu orçamento.

Você sempre sonhou em viajar o mundo mas não sabe nem por onde começar? Participe do próximo Workshop: Tire Seu Sabático da ViraVolta e saia de lá com o seu plano de viagem definido. Roteiro, estimativa de gastos, planejamento financeiro para conseguir a grana para a viagem, checklist e muito mais. Todo o trabalho que você teria que fazer sozinho, o que tomaria muito tempo e te deixaria perdido, facilitado por uma pessoa que tem muita experiência no assunto em apenas 2 dias.

Se esse é o seu sonho não deixe pra depois. Sempre tem um jeito. Vai que dá.

Não perca os próximos eventos da ViraVolta em São Paulo:

17.09 - 9º Encontro: Quero Viajar o Mundo - um bate-papo para tirar todas as dúvidas e receios que te impedem de realizar essa experiência.
23.09 - Palestra: A Viagem que Transformou Minha Vida - como uma aventura pelo mundo vai transformar pra sempre sua vida.
21 e 22.10 - Workshop: Tire seu Sabático - o planejamento da sua aventura pronto em dois dias com a ajuda de quem mais entende do assunto.
18.11 - Curso: Um Guia Prático para Viajar Barato - todas as dicas e o passo-a-passo para você economizar até 80% em suas viagens.

Queremos que mais pessoas vivam essa experiência incrível de vida. Navegue pelo nosso projeto e fique por dentro. Tenho certeza que vamos te ajudar.

Site, Facebook, Youtube, Instagram, Twitter e Pinterest

Família brasiliense dá volta ao mundo com filho de 4 anos

Rede Catraca Livre

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.