Quais os principais pontos que você leva em consideração ao escolher onde se hospedar? Localização? Conforto? Limpeza? Segurança? E que tal somarmos a isso outros pontos importantes como custo-benefício, socialização e novas experiências?

São justamente esses os fatores que vêm fazendo dos hostels um dos principais meios de hospedagem em todo o mundo.

Créditos: Divulgação/Hostel da Vila

Há tempos que os hostels deixaram de ser somente um local de acomodação barata

Enquanto pousadas e hotéis vêm lutando contra o AirBnb, os hostels crescem devido à sua atmosfera, interação social e atendimento personalizado. "Tudo é questão da prioridade do momento. A escolha por um hostel vai depender muito do que a pessoa busca naquela viagem especificamente", diz Felipe Gamba, dono do Hostel da Vila, em Ilhabela, no litoral norte de São Paulo.

Para quem já conhece ou tem curiosidade, seguem sete vantagens de se hospedar em um hostel:

1 – Custo-benefício: sem dúvida, o preço justo, é um dos principais pontos em se hospedar em um hostel. E não é só a hospedagem que tem valores acessíveis, todos os serviços oferecidos em um hostel partem da premissa de um bom custo benefício.

2 – Xô impessoalidade: o ambiente acolhedor e design criativo definitivamente diferenciam os hostels do padrão impessoal dos hotéis. O atendimento em um hostel é totalmente pessoal. Existe uma real conexão entre hóspedes e funcionários, pois todos ali têm a mesma paixão: viajar!

Créditos: Divulgação/Hostel da Vila

Ambiente acolhedor e design criativo diferenciam os hostels do padrão impessoal dos hotéis

3 – Social: hostels são onde o mundo se encontra! Apesar dos brasileiros ainda estarem se acostumando com o conceito, esse meio de hospedagem já é utilizado há tempos por viajantes de todo o mundo. As áreas coletivas de um hostel têm o intuito de aproximar os hóspedes e gerar uma rica interação social. Um bom hostel deve promover festas, happy hours e eventos temáticos, justamente para gerar novas experiências e interações sociais.

4 – Cozinha comunitária:  o mundo em uma panela. Imagine começar a preparar sua comida e, ao lado, aparece alguém de outro estado ou país, com costumes diferentes e outras histórias para contar! A cozinha de um hostel é um dos principais pontos de contato entre os hóspedes. Como em casa, as melhores festas são na cozinha!

5 – Cultura e sabores locais: proprietários e colaboradores de um hostel geralmente gostam de um bom papo e são apaixonados pelo destino onde estão localizados. Quer condições melhores do que essa para descobrir aquelas dicas de passeios e restaurantes incríveis? Então, bora para o hostel!

6 – Você não precisa compartilhar sempre: para quem quer mais privacidade na hora de descansar, os hostels também apostam em quartos menores, que podem ser individuais ou para duas pessoas, mesmo casais. Você continua com o privilégio da socialização, mas tem um quarto só para você!

7 – Esqueça as lendas e quebre paradigmas: apenas escolha um hostel que você se identifique! Essa é a dica mais importante. Vasculhe os sites e se encante por um! O fato de cobrar um valor mais acessível, não significa que hostels perdem para outros meios de hospedagem em quesitos como limpeza, segurança ou comodidade. Muito pelo contrário.

Bons hostels devem oferecer o mesmo nível de limpeza e segurança que qualquer hotel.

App lista hostels que trocam habilidades por hospedagem