Como os políticos donos de terra controlam o território brasileiro? A questão será abordada na segunda edição do ciclo de debates “O Partido da Terra”, sobre o livro de mesmo nome, do jornalista Alceu Luís Castilho. Com o tema “Território”, o encontro acontece nesta segunda, na sala Crisantempo, às 20h. A entrada é Catraca Livre.

A pesquisa de três anos de quase 13 mil declarações de bens de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, senadores e deputados eleitos revela que os políticos latifundiários detêm uma parcela significativa do país e migram estrategicamente para as fronteiras agrícolas. Além disso, o arco do desmatamento - onde se concentram os números alarmantes de trabalho escravo e violência no campo - coincide com o arco de suas posses.

Créditos:

Com o tema “Território”, o encontro acontece nesta segunda, na sala Crisantempo, às 20h.

Com isso, pretende-se denunciar que a Amazônia e o Cerrado são terras de políticos, desvendando o que está por trás das votações do sistema ruralista em temas como o Código Florestal e a PEC 215, que dificulta a demarcação de terras indígenas. Além da presença de Alceu Castilho, o bate-papo conta ainda com a participação da professora de Geografia da Universidade de São Paulo (USP) especializada na questão agrária, Valéria de Marcos, e o diretor de políticas públicas do Greenpeace, Sérgio Leitão.

O debate é organizado pelo Movimento Brasil Pelas Florestas, com apoio da Sala Crisantempo, Matilha Cultural e Pós-TV, que fará a transmissão ao vivo pelo site www.postv.org. O evento faz parte de um ciclo de seis encontros temáticos que serão promovidos mensalmente para aprofundar a discussão e articular pessoas e organizações interessadas em combater o poder desse sistema ruralista.

Debate "O Partido da Terra"

29 Out
Avenida Simão Bolívar - Jazz na Avenida
Avenida Simon Bolívar, s/n Armação Salvador - BA
Catraca Livre
add Google Agenda