Ao invés das armas, livros. No lugar dos botecos, saraus. E foi assim que o cotidiano da periferia se transformou. O marginal, substantivo comum das páginas policiais, ganhou lugar nos sonetos e rimas da poesia maloqueirista, evidenciando o que ali, cedo ou tarde, se concretizaria: a revolução através da arte e da cultura. Legítimo representante desta corrente que insurge, o grupo Inquérito dedica tributo aos novos porta-vozes da cultura popular brasileira no lançamento do clipe  “Poucas Palavras”.

Com direção de Vras77 e fotografia de Márcio Salata, o videoclipe  reúne nomes como Sérgio Vaz, Ferréz, Alessandro Buzo, Toni C., Sacolinha, além de artífices do movimento hip-hop, que fortalecem a cena através da dança, como Nelson Triunfo, do conhecimento, como King Nino Brown, da comunicação, como Alexandre de Maio ou nas telas da TV, com o MC Max BO.

O clipe marca também o início de um novo projeto, que terá sequencia com o lançamento do livro Poucas Palavras, do líder do grupo, Renan Inquérito, previsto para dezembro deste ano.