Localizada entre a Serra da Canastra e o lago de Furnas, Capitólio possui inúmeros atrativos naturais, como paredões de pedra, cachoeiras, piscinas naturais e uma praia artificial com área de lazer.

A Marcella França (@beyondhome) esteve lá e compartilha seis dicas para quem deseja conhecer este paraíso mineiro.

1 - Passeio de lancha pelo mar de Minas (lago de Furnas)

Créditos: Beyondhome/Instagram

Passeio é essencial para explorar o local

Esse passeio é essencial para explorar o local. Existem passeios de chalanas e escunas, porém, as lanchas são mais recomendadas porque só elas conseguem passar pelas passagens mais estreitas da represa e assim, é possível conhecer os quatro cantos desse paraíso.

Local de embarque: Ponte do Rio Turvo.
Preço: R$ 70 por pessoa, crianças até 5 anos não pagam.
Duração do passeio: 2 horas

2 - Cânions

Créditos: Beyondhome/Instagram

Vista dos cânions de Capitólio

A paisagem mais famosa de Capitólio. Suas fendas com cachoeiras entranhadas e paredões com mais de 20 metros de altura roubam a cena. A foto tradicional é lá de cima, porém encontramos uma trilha bem tímida na lateral da entrada e demos de cara com esse ângulo muito fotogênico:

Créditos: Beyondhome/Instagram

Uma das vistas mais lindas de Capitólio

Preço: Gratuito
Dica: Crianças devem estar sempre acompanhadas e pelos pais. Não existe grade de proteção e é realmente alto.

3 - Cachoeira da lagoa Azul

Créditos: Beyondhome/Instagram

Capitólio tem inúmeras cachoeiras

Capitólio é conhecida pelas inúmeras cachoeiras que possui, mas sempre tem uma que nos encanta mais né?! E a nossa foi a Lagoa Azul:

Créditos: Beyondhome/Instagram

O que nos chamou mais atenção foi a água dourada e cristalina cheia de energia

Preço: R$ 30 por pessoa.

4 - Para os amantes da adrenalina: Rope Jump nos Cânions

Também conhecido como "pendulo humano", o rope jump consiste em uma técnica de salto em lugares relativamente altos em que há uma amarração ao participante que necessitará treinamento para o desamarrar da corda de seu equipamento, utilizando o rapel para a fuga da via.

Tivemos a sorte de encontrar com a equipe da Vertec - Técnicas verticais, um grupo que organiza vários esportes radicais. O problema é que são itinerantes então vale dar uma olhadinha na agenda deles.

Créditos: Beyondhome/Instagram

Rope Jump nos cânions

5 - Hospedagem

Como vocês devem saber, esse destino está disputadíssimo. Por isso, os hotéis e pousadas situados na cidade de Capitólio estão quase sempre lotados, então a reserva deve ser feita com muita antecedência.

O problema é que antecedência nessa vida atribulada é para poucos. Então, a nossa solução foi ficar em uma cidade vizinha chamada Piumhi (22 km de distância), no Ribs Hotel.

6 - Quantos dias devo ficar?

Se você é como a gente, intenso e que aproveita cada minuto do dia, um final de semana é o suficiente. O importante é acordar cedo para aproveitar o dia (saudades horário de verão).

Dica: Fique atento a previsão do tempo, quanto mais sol melhor para aproveitar as cachoeiras e passeios.

Bora arrumar a mochila e explorar esse paraíso mineiro? (:

10 lugares para visitar em Capitólio (MG)