A ejaculação precoce, que ocorre quando um homem tem um orgasmo mais cedo do que o esperado, é um problema relativamente comum entre os homens.

De acordo com o site Minha Vida, um em cada três homens apresenta essa condição. As causas para esse problema ainda são desconhecidas, mas médicos acreditam que fatores psicológicos e biológicos podem influenciar a ocorrência da ejaculação precoce.

Foto: Minha Vida

Créditos: Foto: Minha Vida

Ansiedade e problemas de relacionamento podem causar ejaculação precoce

Veja quais são os tratamentos disponíveis para esse problema:

Terapia sexual
Neste caso, algumas medidas simples bastam, como masturbar-se uma ou duas horas antes da relação sexual para retardar a ereção durante o ato. Evitar a penetração por um tempo e a descoberta de novas fontes de prazer sexual também pode ser uma saída para tirar a pressão da penetração.

Técnica do aperto
A técnica do aperto consiste em estimular sexualmente o homem até que ele reconheça que está quase ejaculando. Nesse momento, aperta-se suavemente a parte final do pênis (onde a glande se encontra com o eixo) por vários segundos. Pare a estimulação sexual por cerca de 30 segundos e comece novamente. A pessoa ou o casal pode repetir esse padrão até que o homem queira ejacular. Na última vez, continue a estimulação até que o homem atinja finalmente o orgasmo.

Método "parar e começar"
O método “parar e começar” é praticamente idêntico à técnica do aperto. Esse método consiste em estimular sexualmente o homem até que ele sinta que está quase atingindo o orgasmo. Pare a estimulação por cerca de 30 segundos e comece novamente. Repita esse padrão até que o homem queira ejacular. Na última vez, continue a estimulação até que o homem atinja o orgasmo.

Medicamentos
Antidepressivos podem ser úteis porque um de seus efeitos colaterais é prolongar o tempo necessário para chegar à ejaculação. No entanto, esses medicamentos devem ser receitados por especialistas, como urologistas ou psiquiatras. Você também pode aplicar uma pomada anestésica local no pênis para reduzir o estímulo. A diminuição da sensibilidade no pênis pode retardar a ejaculação. Usar preservativos também pode ter esse efeito em alguns homens. Se as técnicas de distração causarem dificuldades para manter a ereção, os medicamentos usados para a disfunção erétil podem ajudar.

Procure ajuda médica
Conversar com um profissional sobre o problema também pode ajudar. Algumas sessões de terapia podem ajudar o paciente a reduzir a ansiedade e a encontrar métodos eficientes de evitar o estresse e contornar problemas. Se esses fatores forem solucionados, a atividade sexual do indivíduo pode melhor significativamente.

Leia a matéria na íntegra aqui.