Muitas pessoas não sabem que, por meio do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), é possível denunciar infrações ambientais como incêndios, desmatamentos e extração ilegal de recursos naturais. Que é dele a função de avaliar as licitações de qualquer empreendimento que tenha impacto ambiental, além de pesquisar, implantar, proteger e preservar a biodiversidade das Unidades de Conservação (UC) federais. E, ainda, que existe a possibilidade de, com um requerimento, criar sua própria reserva.

Uma maneira de ficar por dentro dessas e de outras coisas do trabalho do ICMBio - que é um órgão auto-suficiente, ligado ao Ministério do Meio Ambiente, criado em 2007 - é pela sua agência de notícias, a Agência Bio. Ela mantém quinzenalmente uma newsletter. Ao se inscrever para recebê-la por e-mail, a pessoa não só fica sabendo do que se passa nas UCs do Brasil, como também dos avanços, novidades e curiosidades relacionados à preservação do meio ambiente. Exposições, estudos, cursos e informes ajudam o público a entender e acompanhar o funcionamento do Instituto.

Fonte: Ciclo Vivo