reprodução

Créditos: reprodução

A substância que gruda na roupa e absorve os gases poluentes não prejudica o tecido

Estender as roupas em um varal no quintal já não é uma atividade tão comum nas grandes cidades. A falta de espaço e a poluição do ar dificultam a secagem ao modo antigo. Mas um professor de química e uma estilista pensaram em um meio de, pelo menos, tornar mais útil a atividade. Os britânicos criaram um sabão em pó que permite que as roupas recém-lavadas absorvam poluentes do ar.

Batizado de Catclo, o sabão funciona da seguinte forma: ele libera uma substância catalisadora que se gruda às roupas. Em contato com a luz, ela absorve e neutraliza as moléculas de óxido de nitrogênio, um dos principais gases poluentes presentes na atmosfera. Segundo os criadores, esse processo não danifica nem acelera o desgaste dos tecidos.

Para que a tecnologia seja popularizada,  os britânicos Tony Ryan e Helen Storey, os criadores, abriram mão da patente da invenção. O Catclo ainda não é comercializado, mas a previsão é que o sabão entre no mercado ainda em 2013.