Comercializado já há algum tempo no Brasil, o papel semente vem ganhando cada vez mais adeptos. Por mais surrealista que possa parecer, a idéia é bem simples. Depois de utilizar o papel na forma de convite de casamento, marcador de livro ou embalagem, basta picá-lo bem miudinho e plantar os pedaços num vaso como se fossem sementes. Depois de alguns dias o material que antes iria para o lixo se transforma numa linda flor.

A empresa responsável pela novidade no Brasil é a Papel Semente e já existem até linhas de cosméticos utilizando as embalagens. É possível encontrar papéis que se transformam em cravos, camomila e até manjericão. As sementes são incorporadas ao preparo do papel, que é biodegradável e desmancha na terra quando é molhado. Além de se tratar de uma solução ecológica para os resíduos é uma maneira bem prática e econômica de montar um jardim ou até uma pequena horta.