A etapa do planejamento é vital para conseguir um visto de estudante na Austrália. Neste post vamos esclarecer as principais dúvidas para você que deseja visitar a terra dos cangurus.

Você sabia que é possível estudar na Austrália por até 12 meses com visto de turista? Mas caso você deseje ter um plano de estudos mais longo, o visto correto para aplicar é o visto de estudante, onde você também terá o direito de trabalhar e ganhar seu salário em dólar!

Créditos: ymgerman

Pedras dos 12 Apóstolos são atração na Austrália

Mas quanto vai custar todo este processo? Então vamos lá:

O valor do visto para Austrália é a partir de 560 dólares australianos (sem incluir passagem, escola, moradia, alimentação e plano médico) --cerca de R$ 1.500. Mas tem uma palavra chave que você precisa saber. Você tem que ser genuíno!

Ok, o que isto quer dizer?

A imigração da Austrália faz um filtro para entender se as suas intenções de ir como estudante são puras e verdadeiras, isto é, se você realmente tem o interesse de aproveitar o ensino educacional australiano ou se você pretende usar este caminho para ganhar tempo e migrar de forma definitiva.

Créditos: sasimoto/iStock

Você sabia que é possível estudar na Austrália por até 12 meses com visto de turista?

A nossa sorte é que atualmente o brasileiro é considerado como baixo risco pela imigração australiana, mas isso não te isenta de apresentar os documentos necessários para provar que você é um estudante genuíno.

Então, seguem algumas dicas de ouro que você precisa saber antes de aplicar seu visto.

1  - Ter uma comprovação de renda, chamada suporte financeiro

Este é o item número 1 em termos de importância em uma aplicação de visto, afinal, a Austrália precisa saber se você tem condições financeiras de se manter no país durante o seu período de estudos.

Selo Facilite

Se você não tiver esta grana, seus pais, irmãos ou avós podem apresentar a renda através de documentos que comprovem e suportem o seu visto.

Mas este processo é muito caro?

Créditos: LuapVision/iStock

O visto para Austrália é a partir de 560 dólares australianos (cerca de R$ 1.500)

Conforme o site da imigração da Austrália, você precisa apresentar 1.650 dólares australianos (por volta de R$ 4.800) por mês que você pretende ficar por lá. Você pode comprovar esta renda através de um extrato bancário dos últimos 3 meses ou somar no máximo mais um extrato bancário para ajudar na comprovação total. Por exemplo, a soma da sua conta bancária e da sua mãe. Também são aceitos a aplicação em poupança ou até mesmo fundo de investimento (com liquidez diária), porém este dinheiro tem que estar disponível para saque a qualquer momento.

É sempre bom ter explicações caso você seja questionado de onde vem a renda que está na sua conta, então caso você tenha R$ 1.000 na conta e repentinamente cai R$ 30.000 (que pode ser a venda de um carro ou algum outro motivo), esteja preparado para justificar este valor caso seja necessário.

Em alguns casos, o imposto de renda também serve como forma de comprovação de renda, mas não é a melhor forma de fazê-lo.

2 - Ter compromisso com uma empresa no Brasil

A imigração precisa entender que você tem fortes argumentos para retornar para o Brasil depois do seu período de estudo, portanto se você tiver um vínculo com alguma empresa, isso pode fortalecer bastante a sua aplicação de visto de estudante na Austrália.

Basta apresentar documentos que mostrem seu período da empresa, como holerite, carteira de trabalho, contratos de prestação de serviços, notas fiscais emitidas, etc.

Créditos: vinnstock/iStock

A etapa do planejamento é vital para conseguir um visto de estudante na Austrália

É importante que estes documentos não sejam muito antigos, mesmo que você tenha sido desligado ou pedido demissão recentemente. Ah, lembrando que comprovação de período de estágio também são bem-vindos!

Mas por onde devo começar?

É muito importante que você tenha uma agência de intercâmbio que possa te auxiliar neste processo de aplicação de visto, pois às vezes, a falta de um documento ou uma aplicação mal feita pode fazer com que seus planos vá por água a baixo.

Com pelo menos 2 meses de antecedência, você já pode separar alguns documentos que possivelmente (vai depender de cada caso) serão necessários para a sua aplicação:

  • Cópia colorida do documento de identidade (RG ou CNH);
  • Cópia colorida do passaporte (com no mínimo 6 meses de validade) da página que contém os dados pessoais;
  • Certificado ou declaração do último grau de escolaridade. No caso de ainda estar cursando a faculdade, comprovante de trancamento da matrícula ou atestado de frequência;
  • Formulário de solicitação de visto preenchido com todas as informações e assinado;
  • CoE (Confirmação de Matrícula), fornecido pela sua agência após pagamento integral do curso;
  • Formulário 956A preenchido. (importante formulário de envio para a embaixada australiana);
  • Imposto de renda completo com comprovante de declaração de entrega ou comprovante de situação cadastral do CPF caso seja isento;
  • OSHC (seguro de saúde australiano), fornecido pela sua agência após pagamento integral do curso;
  • Documentos para comprovar suporte financeiro: carta do responsável com firma reconhecida informando que irá providenciar suporte, imposto de renda completo, holerites e extratos bancários dos últimos 03 meses;
  • Carteira de trabalho com cópia dos últimos contratos de trabalho, caso empregado com registro em carteira;
  • Caso não possua carteira de trabalho, contrato de trabalho ou carta da empresa na qual presta serviços atualmente, atestando o cargo, tempo de empresa e remuneração (original com timbre, carimbo, assinatura e dados para contato do responsável);
  • Holerites, contracheques, pró-labore, DECORE ou RPAs dos 03 últimos meses, caso possua;
  • Carta de intenções, explicando o motivo da viagem. Deverá ser em inglês, impressa e assinada (assinatura igual à do passaporte);
  • Autorização de débito preenchida e assinada pelo dono do cartão para pagamento do visto.

Caso tenha alguma dúvida, segue o site oficial da imigração: www.homeaffairs.gov.au (em inglês).

Quer saber a diferença entre ir para a Austrália para estudar ou migrar?

No vídeo abaixo explico mais detalhes deste processo.

Relato por Débora Compri, do blog All'stralia - Austrália para Todos

De motorhome pela costa leste da Austrália