Famosos lamentam a morte de Gilberto Dimenstein

João Doria, Guga Chacra, Miriam Leitão e outros prestaram suas homenagens nas redes sociais

Por: Redação

Gilberto Dimenstein, fundador da empresa Catraca Livre, morreu na manhã desta sexta-feira, 29, aos 63 anos de idade, em sua casa em São Paulo (SP).

gilberto dimenstein
Crédito: Reprodução/Facebook Gilberto DimensteinGilberto Dimenstein lutava contra um câncer desde 2019

O jornalista e escritor fazia tratamento contra um câncer no pâncreas há nove meses e não resistiu aos avanços da enfermidade.

Dimenstein ganhou dois Prêmios Esso de Jornalismo – em 1988, na categoria Principal, com a reportagem “A Lista da Fisiologia”, e, no ano seguinte, na categoria Informação Política, com “O Grande Golpe”, ambas publicadas pela Folha de S.Paulo -, dois Prêmios Líbero Badaró de Imprensa e o Prêmio Jabuti de Literatura de Melhor Livro de Não-Ficção em 1993, com “O Cidadão de Papel”.

Diversos famosos, colegas de profissão, políticos e admiradores do educador prestaram suas homenagens nas redes sociais. Dentre eles, o governador do estado de São Paulo, João Doria, Ciro Gomes, Miriam Leitão e Rosana Hermann.

A prefeitura da capital paulista divulgou comunicado oficial: “A Prefeitura de São Paulo lamenta profundamente o falecimento do jornalista Gilberto Dimenstein e se solidariza com a família e amigos. Nos diferentes veículos de comunicação onde passou, em especial na Folha de S.Paulo onde trabalhou por 28 anos, ele defendeu a liberdade de imprensa, as minorias, os mais vulneráveis e, especialmente, a Cidade de São Paulo ao criar o Catraca Livre, com seu jornalismo dedicado”.

Confira abaixo as homenagens:

View this post on Instagram

Gilberto Dimenstein foi um dos grandes nomes da história do jornalismo brasileiro. Das suas colunas marcantes no Tendências e Debates da Folha, que pautavam o assunto político diariamente, passando pelo seu trabalho educacional do Projeto Aprendiz, sua coluna diária "Mais São Paulo" na Radio CBN, até o fenômeno digital do Catraca Livre, Gilberto informou e instigou toda uma geração. Seus projetos foram marcantes e enfatizaram a importância da convivência comunitária e da valorização da cidadania. Foi um Jornalista Cidadão, um amante da nossa querida São Paulo. Levarei para o resto da vida, a enorme honra de ter sido seu amigo, ter feito parte do time que assumiu seu posto na Rádio CBN, e compartilhado com ele as tantas lutas por uma cidade mais humana, colorida, diversa e ocupada pelas pessoas e pela arte. Nosso último encontro, aconteceu no aniversário de São Paulo desse ano, quando inauguramos a Placa de Memória Paulistana do Beco do Batman, no muro da sede do Catraca Livre. Uma manhã linda, um evento singelo, mas que representava tanto. Tudo estava ali naquele momento. Dimenstein foi grande referência de vida e um dos maiores incentivadores que tive. Meus profundos sentimentos aos seus familiares e aos milhares de aprendizes da "cidade escola", que Gilberto sonhou e pela qual permaneceremos lutando em sua memória. #ripgilbertodimenstein 🖤

A post shared by Alê Youssef (@aleyoussef) on

View this post on Instagram

Hoje perdemos esse grande cara. Conheci Gilberto Dimenstein mais de perto através de Laura minha companheira que trabalhou com ele no site @catracalivre que ele mesmo fundou. Apaixonado por música, por educação, por iniciativas sociais que viriam a melhorar a vida de tantos e do nosso sofrido país, Gilberto era o cara que sonhava, sonhava projetos, sonhava mudanças e sonhava o futuro. No início da quarentena me ligou pra pedir que o @skankoficial fizesse uma Live pra ajudar pessoas e que não esquecesse da Orquestra Heliópolis do @instituto_baccarelli que ele tanto amava e no qual já tínhamos nos envolvido, eu e ele, em algumas apresentações. Querido Gilberto, amanhã faremos a Live do @skankoficial no estádio do @mineirao e o @instituto_baccarelli estará conosco assim como você sugeriu. Obrigado, vá em paz e nos escute desse lugar especial que você merece no céu. @gdimenstein @catracalivre @skankoficial @folhadespaulo @folhailustrada

A post shared by Samuel Rosa (@samuelrosaoficial) on