Homem é detido por zombar da morte de guarda em Jundiaí

Guarda Municipal estava de folga e fazia compras com a mulher no Brás, em São Paulo, quando foi baleado.

Por: Redação Comunicar erro

Um homem de 24 anos foi detido na noite de segunda-feira, 16, por zombar da morte de um guarda municipal de Jundiaí (SP) durante assalto na região do Brás, na capital paulista.

Em uma rede social, o jovem, que não teve a identidade revelada, comentou sobre a morte do GM Denilson Bispo de Souza, 30 anos baleado na cabeça durante assalto. “Foi tarde. Vai parar de fazer mal e arrancar dinheiro dos outros”. A informação é do G1.

Crédito: Divulgação/GCM JundiaíRapaz foi detido por calúnia em Jundiaí após zombar da morte de guarda no Brás

Detido, o homem disse não ter pensado nas consequências da atitude e que estava com raiva da polícia por conta de uma abordagem recente. O comentário causou revolta aos internautas.

Segundo a Guarda Municipal de Jundiaí, o jovem te duas passagens criminais, sendo um roubo de carga cometido quando era menor de idade e violência doméstica contra a ex-mulher.

Crédito: Divulgação/GCM JundiaíMensagem que o rapaz escreveu sobre a morte do GM de Jundiaí

Os GMs registraram um boletim de ocorrência por calúnia. Se condenado, o rapaz pode pegar de 6 meses a 2 anos de prisão e pagamento de multa. Após a detenção, a mensagem foi apagada e o rapaz liberado.