Quatro alpinistas morrem em 48 horas no Everest

Foto que mostra superlotação de escaladores impressiona e percorre as redes sociais

Por: Redação Comunicar erro

Nesta sexta-feira, 24, autoridades do Nepal divulgaram que quatro alpinistas morreram nas últimas 48 horas no Everest. Quatro outros também perderam a vida escalando a montanha nesta temporada, período entre fim de abril e maio. Esta é a época considerada mais adequada para a escalada.

Crédito: Handout / Project Possible / AFPFoto do Everest divulgada pelo Project Possible no dia 22 de maio

Aproximadamente 550 escaladores chegaram ao topo do Everest nesta temporada. Segundo um funcionário de uma agência de viagens do local, a quantidade de pessoas no caminho foi um fator decisivo na morte dos alpinistas.

O engarrafamento teria sido provocado pelo aumento de permissões de escalada e a diminuição de condições meteorológicas para a escalada.

A foto da trilha de pessoas esperando para descer a montanha impressiona e comprova a superlotação.  Na fronteira entre o Nepal e o Tibete, a montanha tem 8.848m de altura.

* Com informações da France-Presse (AFP).

Compartilhe: