App de previsão de chuva gratuito mapeia clima em tempo real

Criado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, aplicativo cobre todo o território nacional e informa quantos raios podem cair em determinada região

Por: Redação | Comunicar erro

“Será que vai chover?”, pergunta o título de uma música dos Paralamas do Sucesso. “Eu não sei não, não”, diz um de seus versos. Mas poderá saber. Basta, no caso, instalar um app de previsão de chuva gratuito que foi criado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

E pode confiar na informação. Não se trata de “achismo”. Ou de olhar para o céu e ver nuvens carregadas. Na verdade, tem a ver com examinar o firmamento, sim. Mas, no caso, isso é feito por radares meteorológicos.

São eles que fornecem a percepção de que vem água por aí aos usuários do aplicativo “SOS Chuva”. Afinal, o serviço está integrado a estações responsáveis pela previsão do tempo em todo o território brasileiro.

Assim, seus usuários podem monitorar o clima em tempo real. Também visualizam satélites e compartilham informações sobre as condições climáticas.

Eles recebem ainda orientações sobre como agir em caso de enchente e quantos raios podem cair em um determinado perímetro em um período de cinco minutos.

Clique aqui e conheça o projeto As Melhores Soluções Sustentáveis.

O app de previsão de chuva cobre todo o território brasileiro
Crédito: Reprodução/CPTEC/InpeO app de previsão de chuva cobre todo o território brasileiro

O projeto foi desenvolvido pelo CPETEC (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos), do Inpe, e coordenado por Luiz Augusto Machado e Eduardo Guarino. No início, cobria apenas a região de Campinas, no interior de São Paulo. Depois, foi aprimorado e passou a ter alcance nacional.

O app de previsão de chuva foi o vencedor do Prêmio Péter Murányi 2019, edição Ciência & Tecnologia. A premiação reconhece trabalhos que, de forma inovadora, melhoram a qualidade de vida de populações em desenvolvimento.

O aplicativo é recomendado para os próprios meteorologistas. Há versões, ambas gratuitas, para iOS e Android.

Leia também: Pesquisadores mineiros fazem casa com lama de rejeitos

Curadoria: engenheiro Bernardo Gradin, presidente da GranBio e especialista em soluções sustentáveis.

Compartilhe: