Bar feito de lixo é exemplo de criatividade na reciclagem

O pub também fabrica cerveja e se tornou ponto de encontro em um povoado japonês que recicla 80% de seus resíduos

Por: Redação | Comunicar erro

Kamikatsu é um pequeno povoado no Japão que recicla 80% de seus resíduos. Trata-se de um feito a ser comemorado. Que tal, então, celebrar com uma cerveja? E a própria cidade oferece o lugar ideal para isso. Lá, existe um bar feito de lixo reciclado.

O bar feito de lixo fica em um pequeno povoado japonês
Crédito: Reprodução/Hiroshi Nakamura & NAPO bar feito de lixo fica em um pequeno povoado japonês

O Kamikatz Public House, além de pub, é uma cervejaria. E exibe em sua arquitetura uma série de itens que simbolizam a criatividade na reciclagem de materiais.

A começar pelo piso, feito de ladrilhos recuperados oriundos de uma fábrica de telhas. Jornais foram adaptados como papel de parede. O lustre é composto por garrafas. Na parede externa, o revestimento de madeira de demolição foi pintado com tinta de tanino de caqui.

Clique aqui e conheça o projeto As Melhores Soluções Sustentáveis.

A criatividade dá o tom na constituição do espaço, cuja ventilação é favorecida pelo pé-direito alto
Crédito: Reprodução/Hiroshi Nakamura & NAPA criatividade dá o tom na constituição do espaço, cuja ventilação é favorecida pelo pé-direito alto

O desenho estrutural do lugar também visa à sustentabilidade. O pé-direito alto, de oito metros, favorece a ventilação natural. Ela é propiciada por janelões instalados no alto. Eles são provenientes de casas abandonadas.

Para combater o frio do inverno, há um aquecedor alimentado por galhos que caem das árvores no entorno.

Além de ser um ponto de encontro para a população local, o bar feito de lixo é uma prova tangível de como a reciclagem pode ser criativa e divertida.

O pub também fabrica cerveja
Crédito: Reprodução/Hiroshi Nakamura & NAPO pub também fabrica cerveja

Projetado pelo escritório de arquitetura Hiroshi Nakamura & NAP, o Kamikatz ganhou um prêmio concedido para edifícios sustentáveis, o WAN Sustainable Buildings Award 2016.

Leia também: Expedição explora a Antártida a bordo de veículo solar

Curadoria: engenheiro Bernardo Gradin, presidente da GranBio e especialista em soluções sustentáveis.

Compartilhe: