Designer de produto cria banco feito de cabelo

Informar

Ciclovia que gera energia é implantada em capital brasileira

Tecnologia japonesa permite que movimentos de ciclistas e pedestres sobre o piso sejam transformados em eletricidade

Por: Redação

A comemoração dos 110 anos da imigração japonesa no Brasil tem iluminado os caminhos da eletricidade limpa em Curitiba. Desde o mês passado, a prefeitura testa um projeto de ciclovia que gera energia a partir da vibração produzida sobre o piso por bicicletas e pedestres. A tecnologia foi desenvolvida por uma empresa do Japão e fornecida de graça para a prefeitura da capital paranaense.

A ciclovia que gera energia já está em teste em Curitiba
Crédito: Reprodução/Cesar Brustolin/SMCS/Prefeitura Municipal de CuritibaA ciclovia que gera energia já está em teste em Curitiba

A energia elétrica gerada é suficiente para iluminar a pista e a sinalização para a segurança dos usuários em pontos estratégicos do trajeto, como os de cruzamentos com vias de trânsito. Para gerá-la, são usados sensores que, instalados no piso, captam a energia mecânica dos movimentos sobre ele.

Essa energia limpa também servirá para monitorar os trechos da ciclovia que receberão maior fluxo, com o intuito de produzir informações que ajudem no planejamento de melhorias no sistema.

Clique aqui e conheça o projeto As Melhores Soluções Sustentáveis.

Por enquanto, a tecnologia está em teste em uma extensão sobre a ponte do rio Belém. A ideia é que, ainda neste ano, seja implementada em 18,5 quilômetros de ciclovias de Curitiba.

O projeto é fruto de um acordo entre a companhia japonesa Soundpower Corporation e a prefeitura da cidade, por meio da Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) e do ministério da indústria do país.

Leia também: Vento criado por veículos em movimento vira eletricidade

Curadoria: engenheiro Bernardo Gradin, presidente da GranBio e especialista em soluções sustentáveis.