Banco lança contra-algoritmo para apresentar diversidade musical

Ação do Itaú para o Rock in Rio usa inteligência artificial para mapear preferências de usuário no Spotify e sugerir novas canções e artistas

Por: Redação Comunicar erro

O mundo está polarizado e parte da responsabilidade é dos algoritmos, que conduzem as pessoas pelos mesmos caminhos e para as mesmas respostas. Mas e se a inteligência artificial fosse usada para proporcionar novas experiências e descobertas e, assim, valorizar culturas e hábitos diferentes do seus?

Pois esse é o mote da campanha “Contra-Algoritmo”, que apresenta aos fãs de música opções que não fazem parte de suas playlists habituais.

Catraca Livre criou o projeto Causando, apoiado pelo Carrefour, para mostrar como as marcas desenvolvem e assumem causas.

A ferramenta foi criada pela agência Africa para o Itaú Unibanco, patrocinador do Rock in Rio 2019. E funciona no sentido inverso dos algoritmos tradicionais, que se baseiam nos gostos usuais das pessoas, para tirá-las de suas bolhas musicais.

Ao fazer login na plataforma com a conta do Spotify (serviço de streaming digital), o usuário tem acesso a artistas e músicas alinhados ao seu estilo. Mas que não estão em suas preferências.

Na prática, o Contra-Algoritmo substitui os 50 artistas mais ouvidos pela pessoa por nomes elencados para os palcos do festival. E prepara uma playlist com esses sons de atrações do Rock in Rio.

O sistema também destaca o line-up da atual edição do Rock in Rio. Informa ainda a agenda do evento, que se encerra no dia 6 de outubro.

Fora da bolha com as atrações do Rock in Rio

O mote da campanha é: “Quem busca as diferenças se encontra”.

Os artistas do Rock in Rio convidam você para um passeio musical fora da caixa
Crédito: Divulgação/ItaúOs artistas do Rock in Rio convidam você para um passeio musical fora da caixa

Ela busca mostrar que é bom sair da bolha de vez em quando. E isso vale também para o gosto musical.

Leia também: Campanha mostra como sua próxima selfie pode salvar vidas

Compartilhe: