App usa redes sociais para abrir conta bancária para refugiados

Por: Redação Comunicar erro

Abrir uma conta bancária parece simples, exceto para pessoas em situação de refúgio ou asilo, que não têm os documentos necessários. Foi para descomplicar esse processo que nasceu o Taqanu.

Startup mapeia redes sociais dos usuários para provar suas identidades

A ideia da startup é dispensar a papelada. Para isso, um aplicativo para smartphones acompanha todos os rastros digitais dos clientes, incluindo redes sociais, para provar que eles são quem afirmam ser.

Os usuários têm também a possibilidade de pedir para que familiares e amigos atestem suas identidades, além de tirar fotos de qualquer documento que ainda possuam para integrar à plataforma de rastreamento.

Os dados gerados por esse mapeamento digital servem como documentação para abertura de conta bancária no Taqanu.

O programa está disponível globalmente e conta com tecnologia blockchain (banco de dados que armazena todas as transações digitais) e criptografia, que garantem aos clientes segurança e transparência.

Por QSocial

Compartilhe: