Garoto autista teria desenhado sua morte; psicólogos comentam

Por: Redação

O pai de um garoto autista de 11 anos que foi encontrado morto em um ponto turístico afirma que o menino desenhou a cena de sua morte vários anos antes do ocorrido.

O desenho de Ognjen Rakocevic

Os psicólogos são cautelosos sobre a crença de Rakocevic de que seu filho previu a própria morte, mas concordam que as crianças autistas frequentemente têm dons especiais.

Ognjen Rakocevic, de Podgorica, capital de Montenegro, foi achado morto no ano passado às margens do lago Skadar, o maior do sul da Europa.

Seu pai, Branko Rakocevic, acredita que o garoto teve uma premonição de sua morte ao desenhar a si mesmo no exato local do lago.

Ogi, como o menino era conhecido, havia se afastado de casa e teria caído no rio Moraca, se afogando. Seu corpo foi encontrado mais tarde, onde o rio flui para o lago Skadar.

“Ele desenhou praticamente uma foto do local onde foi encontrado”, diz o pai. “Tem a ilha de Vranjina. Ele pintou uma cruz no topo da colina, e acima de si mesmo, o céu.”

Ogi, como o menino era carinhosamente conhecido

Cidadãos de Podgorica lançaram uma iniciativa para que a rua que levou Ogi ao rio receba o nome do menino.

Com informações do Daily Mail

Compartilhe: