Rio ganha exposição fotográfica inclusiva

Por: Redação Comunicar erro

Diferente das exposições convencionais onde não há possibilidade de colocar as mãos nas obras, a exposição fotográfica “Lentes da Memória – A Descoberta da Fotografia de Alberto de Sampaio”, em cartaz no Rio de Janeiro até o dia 4 de dezembro, provoca a experiência com audiodescrição e tátil.  A mostra gratuita apresenta ao público o acervo de um dos pioneiros entre os fotógrafos amadores no Brasil.

As fotografias de Alberto de Sampaio, todas inéditas, retratam as cidades do Rio de Janeiro e de Petrópolis na passagem do século 19 ao 20. Entre as imagens, destacam-se o registro da inauguração da Avenida Central, hoje Avenida Rio Branco, em 1905, as praias da zona sul carioca praticamente desertas e a chegada do primeiro Zeppelin ao Rio de Janeiro, em 1930.

Acessibilidade na exposição de Alberto de Sampaio (2)
A mostra fotográfica gratuita apresenta ao público o acervo de um dos pioneiros entre os fotógrafos amadores no Brasil

Para quem enxerga, viver essa sensação pode ser uma forma de praticar a empatia, colocando-se no lugar de um deficiência visual e aproveitar a mostra com outro sentido, além da visão.

É possível passear pelas obras táteis com os olhos vendados ouvindo a descrição de imagens, vivenciando a mesma maneira que as pessoas com deficiência visual têm acesso às informações visuais.

Acessibilidade na exposição de Alberto de Sampaio
Acessibilidade na exposição de Alberto de Sampaio

A exposição disponibiliza também maquete tátil do espaço da exposição e de objetos expostos, como a máquina fotográfica e câmera de filmar, muito utilizadas por Alberto de Sampaio.

As fotografias que compõem o acervo audiodescrito também contam com QR Codes para que o público, com deficiência visual ou não, possa acessar a descrição por meio do celular. Além dos recursos táteis e de áudio, há profissionais audiodescritores a postos em todos os dias da exposição, que acontece de terça a domingo, para receber grupos previamente agendados e acompanhar pessoas com deficiência visual durante a visita.

Foto do Morro do Castelo, no Rio de Janeiro
Foto do Morro do Castelo, no Rio de Janeiro

“LENTES DA MEMÓRIA”
Onde:
Centro Cultural Correios do Rio de Janeiro, rua Visconde de Itaboraí, 20, centro. Tel.: (21) 2253-1580
Quando: até 4 de dezembro
Horário: terça-feira a domingo, entre 12h e 19h
Quanto: Catraca livre
Grupos: agendar horário pelo telefone (21) 99466-2096, com Gustavo.

Compartilhe: