Fintech faz live com Monique Evelle sobre empreendedorismo negro

Ativista é criadora do Instituto Desabafo Social, que promove a educação nas comunidades periféricas.

Por: Redação

A fintech SumUp fechou uma parceria com a ativista do movimento negro Monique Evelle, criadora do Instituto Desabafo Social, que promove a educação nas comunidades periféricas.

Além de suporte financeiro, a fintech fará uma live com a ativista sobre empreendedorismo negro. A conversa acontece nesta sexta-feira, 12, às 11h30, no perfil de Monique no Instagram.

Crédito: DivulgaçãoAtivista do movimento negro Monique Evelle é criadora do Instituto Desabafo Social

A SumUp também disponibilizou um link de pagamento (giftcard.sumup.io)  para que qualquer pessoa possa fazer sua doação a ONG. A cada R$ 1 doado para a instituição, a empresa contribuirá com mais um – até o limite de R$ 50 mil, aumentando o potencial de pessoas alcançadas pelo projeto.

Monique Evelle foi eleita em 2017 pela revista “Forbes” uma “Under 30” (personalidades de destaque com menos de 30 anos).

A ONG Desabafo Social utiliza a comunicação e novas tecnologias para promoção dos Direitos Humano.

Compartilhe: