Mata Atlântica pode receber centro de pesquisa científica

A Mata Atlântica, na região da Serra do Mar, ainda não é um bioma totalmente estudado. Partindo dessa afirmação, uma ação na internet tenta criar um centro de pesquisa científica, denominado Ilan, em Angra dos Reis (RJ).

Mata Atlântica pode receber centro de pesquisa científica
Mata Atlântica pode receber centro de pesquisa científica

Segundo os organizadores da campanha, a mata “carece de diversos trabalhos mais específicos sobre as suas espécies, suas interações e a dinâmica de seus ecossistemas”.

A ideia é que as pesquisas sejam efetuadas na sede de uma fazenda local, a Guarda-Velha, onde, em um primeiro momento, uma pequena edificação existente será reformada para receber os pesquisadores.

Depois disso, o objetivo é construir módulos de edificação autossustentáveis que se integrem ao meio ambiente. Eles abrigariam centro de pesquisas, de visitação e de desenvolvimento de atividades de educação ambiental.

O intuito é que os estudos sejam realizados por meio de parcerias com universidades, institutos e empresas que atuam no segmento.

Mata Atlântica pode receber centro de pesquisa científica
Mata Atlântica pode receber centro de pesquisa científica

Uma das pesquisas propostas é a metodologia de mecanismos de desenvolvimento limpo. A finalidade é a obtenção de renda por comunidades locais a partir da utilização sustentável dos recursos naturais.

Também está prevista a consultoria a pequenos produtores e incentivos por meio de fomento, além de capacitação técnica desses trabalhadores com a implantação de sistemas agroflorestais, fortalecendo a preservação da mata.

Outra proposta da ação é a realização de atividades de educação em escolas e outras instituições locais, em conjunto com universidades.

Para a reforma, os organizadores esperam obter R$ 42 mil até 15 de novembro.