Últimas notícias:

Loading...
Quem Inova
Quem Inova
Quem Inova
Quem Inova

Quem Inova

Moradores de rua vão produzir óculos para pessoas de baixa renda

Por: Redação

A visão corresponde a 80% da relação que o ser humano tem com o mundo. Porém, é notável ressaltar que, segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), 150 milhões de pessoas no planeta não têm dinheiro suficiente para pagar por um par de óculos. E foi assim que, um alemão transformou essa necessidade em uma chance para gerar empregabilidade e mudar a qualidade de vida desses indivíduos.

Martin Aufmuth desenvolveu uma máquina que permite que qualquer pessoa seja capaz de produzir óculos de baixíssimo custo, feito de apenas de três materiais: aço flexível, lentes de policarbonato e plástico. Ele patenteou a máquina e criou uma fundação, sem fins lucrativos, para garantir que sua missão seja cumprida: óculos para todos.

O projeto já foi implementado em quatro países, Ruanda, Burkina Faso, Tanzânia e Bolívia, e agora em parceria com a Enactus Insper, o chamado One Dollar Glasses (Óculos de 1 dólar, em tradução livre) chega ao Brasil. A Enactus é uma organização estudantil global presente em 36 países e somente o time do Insper (Instituto de Ensino e Pesquisa) conta com cerca de 50 alunos voluntários.

Incorporado ao Projeto Renovatio, a inovação está nas pessoas selecionadas para o trabalho: moradores de rua. O objetivo é inseri-los na sociedade.

Os selecionados trabalham durante o dia e estudam à noite. Já aos sábados, participam de programas culturais como palestras, visitas a museus e debates, entre outros. Depois de terminarem o supletivo, eles são encaminhados para curso profissionalizantes.

Toda a renda recebida vem das vendas dos óculos e de doações e é diretamente reinvestida no projeto. O material pode ser vendido diretamente para as pessoas de baixa renda, ao preço entre R$15 e R$20, ou podem ser comprados em grandes quantidades por empresas e serem doados para indivíduos que não podem pagar por um,

Para a população com maior renda, haverá a possibilidade de se comprar um par de óculos no modelo “compre um, doe um”, em que o preço será de R$40 a R$ 50 e outro par de óculos será doado.

“O nosso objetivo principal é incentivar os beneficiados a se desenvolverem e tomarem suas escolhas de forma mais consciente”, ressalta Fábio Blanco, fundador da Renovatio.

O projeto foi lançado no site de financiamento coletivo Kickante, com isso, a cada R$ 25 gerado na campanha, uma criança brasileira ganha um par de óculos. O treinamento para capacitar os moradores de rua começou nesta semana e deve durar até o fim do mês. O grupo espera arrecadar R$ 72 mil em dois meses para produzir os óculos.

Compartilhe: