CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Motorista de ônibus acha pasta de dinheiro e devolve ao dono

Ato de motorista é considerado exemplar pelo movimento Sou Responsável, campanha sem partidos, candidatos ou ideologia apoiada pelo Catraca Livre e pelo Instituto SEB de Educação

Por: Redação

O motorista de ônibus Vianei Muniz de Oliveira, que trabalha em Campinas, no interior de São Paulo, deu uma lição de honestidade" data-gtm-event-label="https://catracalivre.com.br/inspira/casal-baiano-acha-boleto-com-r-220-na-rua-e-paga-conta/">honestidade no mês passado. Ele encontrou uma pasta cheia de dinheiro e devolveu tudo ao dono.

Motorista de ônibus de Campinas (SP) encontra pasta de dinheiro e devolve tudo ao dono

Essa história faz parte da série para o movimento-sou-responsavel" data-gtm-event-label="https://catracalivre.com.br/sou-responsavel/">movimento Sou Responsável, cuja meta é estimular o protagonismo dos brasileiros. Nesta eleição, o Catraca Livre e o Instituto SEB de Educação decidiram apoiar essa campanha para ajudar o brasileiro a ser parte das soluções, e não do problema.

De acordo com informacoes" data-gtm-event-label="https://www.acidadeon.com/campinas/cotidiano/cidades/NOT,0,0,1305294,motorista+encontra+pasta+com+dinheiro+em+barao+e+devolve+ao+dono.aspx">informações do site A Cidade On reproduzidas" data-gtm-event-label="http://razoesparaacreditar.com/cidadania/campinas-motorista-encontra-pasta-dinheiro-devolve-dono-sem-pensar-duas-vezes/">reproduzidas pelo Razões para Acreditar, a pasta tinha mais de R$ 1.500, em moeda nacional e em pesos argentinos. Devolver ao dono, porém, não foi tão fácil assim.

Motorista de ônibus de Campinas (SP) encontra pasta de dinheiro e devolve tudo ao dono

O objeto foi encontrado por ele no meio da rua, quando rodava com o ônibus quase vazio. Então, resolveu parar e pegar. No fim do dia, abriu a pasta para ver se conseguia identificar o dono e devolvê-la. Foi quando encontrou o dinheiro.

No entanto, não eram só as notas de dinheiro que estavam ali. Também havia um boleto de pagamento do seguro de um carro. Assim, Oliveira encontrou Gustavo Moreto –o dono da pasta.

O rapaz havia perdido seus pertences no dia em que viajou para a Argentina e ainda estava lá. Como não conseguiu achá-lo, o motorista acabou falando com o irmão de Moreto. Na volta da viagem, Oliveira e o jovem se encontraram.

O motorista, que é de Aparecida de Goiânia (GO), mudou-se para Campinas para ajudar seu filho a ser jogador de futebol. Assim que chegou à cidade, conta que morou dentro do carro até arrumar o atual emprego.

Com informações de razoes-para-acreditar" data-gtm-event-label="http://razoesparaacreditar.com/">Razões para Acreditar e a-cidade-on" data-gtm-event-label="https://www.acidadeon.com/">A Cidade On

Compartilhe: