Projeto procura voluntários para dar aula em favela de SP

Por: Redação

Quais são as oportunidades para um jovem que mora em uma favela? Depois de conversar sobre sonhos e futuro com adolescentes de uma comunidade da Vila Prudente, na zona leste de São Paulo, Guilherme Maschion, 24 anos, decidiu intervir e ampliar essas chances.

Evento realizado pelo Projeto Função na Favela Vila Prudente
Voluntários do Causa Justas, que apoia ações sociais na Favela Vila Prudente, como o Função

Como? Com o Projeto Função, que, segundo ele, vai “oferecer capacidade técnica, visão e coragem para que os garotos e as garotas do 5º ano do ensino fundamental ao ensino médio sigam seus objetivos”.

O formato mescla espaço para troca de experiências com aulas dadas por professores voluntários. Para que isso aconteça, eles estão procurando interessados em dar aulas e participar do projeto.

As áreas são: inglês, música (flauta, violino e/ou violão), gestão e cidadania, reforço escolar (matemática e português), jiu-jitsu e/ou boxe; dança (salão, balé e outras). Quem tiver interesse deve encaminhar um e-mail com currículo para gmaschion@gmail.com.

Estão previstos também um curso livre de maquiagem, um sarau de poesia e a visita em empresas privadas.

Para as aulas, não é necessário ter experiência como professor, e sim o conhecimento técnico. O projeto dará apoio tanto em sala quanto na criação do material.

“As aulas não são nada convencionais, pedimos que os professores pensem na relação humana, acreditem no potencial de cada aluno da sala, crie uma relação de confiança entre os envolvidos. Ou seja, as aulas são adaptadas à realidade dos alunos, sempre com músicas, brincadeiras, projetos para comunidade, reflexões da vida”, diz Guilherme.   

A aula inaugural será no dia 27 de fevereiro, na Favela Vila Prudente, e, até o momento, há 44 alunos inscritos para os cursos, número que deve aumentar após a estreia.

Por QSocial

Compartilhe: