CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

A colonização peruana ganha destaque na Cinemateca

Espaço exibe filme sobre colonização do país e promove encontro com diretor

Por: Redação

Para quem gosta das questões associadas à América Latina, a Cinemateca Brasileira, em parceria com a Fundação Maurício Grabois, promove sessão especial do longa-metragem peruano “Tupac Amaru”.

A exibição acontece nesta quinta, 8, às 20h, com entrada Catraca Livre. Na sequência, ocorre encontro com o diretor do filme, Federico García Hurtado.

Inédito nas salas brasileiras, a trama aborda episódio da colonização espanhola no Peru, conduzido pelo líder indígena Tupac Amaru no final do século XVIII. Exibido em festivais de cinema pelo mundo todo, “Tupac Amaru” foi realizado em co-produção com o Instituto Cubano Del Arte y La Industria Cinematográficos (ICAIC) e apoio de organizações agrárias e urbanas de Cusco.

Sobre Federico García Hurtado

Nascido em 1937, Federico García Hurtado é escritor, jornalista e cineasta. Iniciou sua carreira como diretor na segunda metade da década de 1960, com os curtas “Huando”, ‘Tierra sin patrones” e “Inkari”, censurados pela ditadura militar.

Em 1975, lançou seu primeiro longa-metragem, o documentário “Donde nacen los condores”, financiado por camponeses membros de uma cooperativa peruana. Federico dirigiu também uma mini-série para televisão chamada “El Amauta” sobre a juventude do dirigente e teórico comunista peruano José Carlos Mariategui. Foram feitos os cinco primeiros capítulos.

O projeto pretendia abarcar toda vida de Mariategui – sua participação na criação da central sindical e do Partido Comunista, mas não conseguiu ser concluído. O filme foi proibido em seu próprio país, acusado de incentivar o terrorismo senderista. Durante o governo democrático e popular do General Juan Velasco Alvarado, entre 1968 e 1975, o diretor realizou inúmeras filmagens da revolução que se processava no país. O material bruto ainda não foi editado e se encontra ameaçado pelo governo.

Veja abaixo o trailer e ficha técnica do filme:

Sala Cinemateca BNDES

http://www.youtube.com/watch?v=u1R2Er2hMZo

Às 20h – Tupac Amaru (Peruy/Cuba, 1984, 100´. Dir.: Federico García Hurtado. 12 anos).

Reconstrução histórica do levante independentista conduzido pelo líder indígena Tupac Amaru, no final do século XVIII, contra os colonizadores espanhóis.

Na sequência: Encontro com Federico García Hurtado

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.