Mostra “Pulso Iraniano” chega ao Sesc Vila Mariana

Por: Redação

A partir de quinta, 20, o Sesc Vila Mariana será sede da exposição “Pulso Iraniano”, que reúne fotografias e vídeos inéditos de importantes artistas contemporâneos do Irã. A mostra que já passou pelo Oi Futuro, no Rio de Janeiro, e em Belo Horizonte, tem chamado atenção por trazer parte significativa dos contextos político e cultural vividos hoje pelo país. A entrada é Catraca Livre.

O curador e diretor artístico do projeto, Marc Pottier, levou dois anos para escolher os trabalhos que serão apresentados. Para a seleção, Marc viajou ao Irã onde realizou encontros com os artistas, além de ir também à Londres e Nova Iorque, locais com uma comunidade iraniana representativa, e contou com o apoio de curadores e artistas regionais convidados. O objetivo foi reunir obras que mostrem a perpetuação de uma tradição milenar de criação artística.

“A exposição está abrindo portas novas para o público mostrando o coração da cultura mundial, já que estamos falando de milhões de anos de arte. Para os brasileiros tem sido um contato realmente importante. Localmente, o que se sabe do Irã é o que é lido nos jornais em termos de política, mas a arte dos seus artistas tem uma pulsação e uma energia que vão além da crítica política”, explica o curador.

Para apresentar a diversidade dos temas, a exposição está dividida em: “A Guerra”, “As Tradições”, “A Mulher”, “A Poesia” e “O Espírito de Celebração”.

A exposição apresenta trabalhos dos artistas Morteza Ahmadvand, Shirin Aliabadi, Gohar Dashti, Arash Hanaei, Siamak Filizadeh, Shadi Ghadirian, Amirali Ghasemi, Ghazel, Peyman Hooshmandzadeh, Bahman Jalali, Rana Javadi, Abbas Kiarostami e de seu filho Bahman Kiarostami, Nava Zadoc, Shirin Neshat, Jalal Sepehr, Mitra Tabrizian, Jinoos Taghizadeh, NewshaTavakolian e Sadegh Tirafkan. Na mostra há, ainda, obras de artistas emergentes, sendo 28 videoartistas e 30 fotógrafos.

Confira uma amostra: