Labirinto de Mirandas 3 – Coletivos fotográficos Ibero-Americanos

Curadoria: Claudi Carreras (Espanha).
Organização: Centro Cultural de Espanha em SP.
Realização: Aecid (Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento).
Parceria: CCSP e Galeria Olido.

Participação dos coletivos da Argentina (Cooperativa Sub e Fundación PH15), Brasil (Cia. de Foto, Rolê e Observatório de Favelas), Espanha (Blank Paper, No Photo e Pandora), Guatemala (FotoKids), México (Monda Foto e Taller Fotográfico de Guelatao), Peru (Archivo Tafos e Supay Foto), Portugal (Kamera Photo) e Venezuela (ONG – Organización Nelson Garrido).

A exposição destaca o surgimento dos coletivos profissionais de fotógrafos, um dos fenômenos contemporâneos que vem se desenvolvendo no mundo fotográfico internacional e que começa a surgir com força no contexto ibero-americano. São Paulo é o ponto de partida de Coletivos Fotográficos Ibero-Americanos, terceiro capítulo da mostra (as anteriores foram Identidades e fronteiras em Ibero-América e Fricções e conflitos em Ibero-América), que percorrerá as principais capitais do continente.

Redação

Por Redação

Conteúdos produzidos por uma equipe super diversificada da Catraca Livre. Diferentes perfis se unem para compor um time plural focado em traduzir o melhor do jornalismo para nosso público.