“Tecendo 30 anos de feminismo” nas bibliotecas públicas

Painel coletivo, bordado por 20 mulheres, será apresentado

Por: Redação

Em 2011, a União de Mulheres de São Paulo celebrou 30 anos de luta. Uma das mais importantes organizações de toda América Latina, possui um grande acervo documental, composto por fotos, cartazes, agendas e pinturas. A memória de militantes, como a artista plástica Maria Gorete Mendonça e a arquiteta Therezinha Gonzaga também servem de matéria-prima para ações políticas e culturais.

A partir de desenhos feitos pelas duas mulheres, um painel coletivo, bordado por 20 mulheres, foi criado, retratando a história do feminismo no Brasil. De 1º a 14 de março, estará exposto na Biblioteca Pública Érico Veríssimo. De 19 a 31 de março, será a vez da Biblioteca Pública Belmonte receber o painel.

A exposição “Tecendo 30 anos de feminismo” teve as atividades coordenadas pela socióloga Valdirene Gomes. As exposições têm entrada Catraca Livre.

1
07:11
5 filmes gratuitos para expandir a consciência
Hoje iremos indicar filmes que vão te ajudar a expandir a consciência, ou seja, vão ampliar suas percepções sobre si …
2
14:48
Os principais momentos do debate sobre ‘violência obstétrica’
O Ministério da Saúde aboliu o uso do termo “violência obstétrica” alegando que tal afirmação é inadequada por que “tanto …
3
04:36
Vamos falar sobre Educação sexual?
É importante falar sobre métodos de prevenção antes de iniciar a vida sexual?A Dra. Marianne Pinotti, ginecologista e obstetra, fala …
4
03:14
Datafolha: brasileiros não lembram de medidas positivas de Bolsonaro
Um levantamento realizado pelo Datafolha e divulgado pela Folha de S. Paulo mostra que 4 em cada 10 brasileiros não …
5
06:11
As melhores dicas sobre corrimento feminino
Quais os sintomas da Candidíase? Como tratar e saber diferenciar de outros tipos de corrimentos?A Dra. Marianne Pinotti, ginecologista e …
6
01:38
A importância da vacina do HPV
Por que tomar a vacina contra o HPV é tão importante?O Dr. Gonzalo Vecina, médico e fundador da ANVISA, fala …