CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Escute o tributo a Argemiro Patrocínio

Por: Redação
Contra capa do disco escrita por Marisa Monte
Contra capa do disco escrita por Marisa Monte

Durante a gravação da homenagem ao samba da Velha Guarda da Portela, em 1999, Marisa descobre um caderno com mais de cem letras dos sambas que Argemiro compôs tardiamente. Em 2002, a produtora e cantora Marisa Monte dá vida ao disco solo de Argemiro Patrocínio, quase aos 80 anos.

Na ficha técnica, a cantora escreve uma resenha contando que havia muitas letras lindas no caderno do sambista. A produtora buscou um equilíbrio interno de temas, assuntos e estilos alinhadas as escolhas pessoais do Seu Argemiro, maneira como Marisa se referia a ele.

De acordo com ela, a voz delicada e a pegada sutil dele descartavam um arranjo exagerado, justificando as escolhas minimalistas de toda a composição instrumental e vocal do disco.

Confira o álbum.

Compartilhe: