Musical ‘Dona Ivone Lara – Um Sorriso Negro’ acontece na Bela Vista

Por: Redação
Quinta – Sexta – Sábado – Domingo
– De quinta a sábado – 20h
Domingos -17h
Preço: Comprar
A partir de R$20
Local: Teatro Sérgio Cardoso
R. Rui Barbosa, 153 – Bela Vista, São Paulo – SP, 01326-010, Brasil
Mais informações:
Telefone: (21) 2265-9933
Site: http://www.funarte.gov.br/espaco-cultural/teatro-cacilda-becker/

É indiscutível o legado da dama do samba, Dona Ivone Lara. As múltiplas facetas apresentadas ao longo de sua carreira foram o ponto de partida para o musical “Dona Ivone Lara – Um Sorriso Negro”. O espetáculo faz curta temporada capital paulista no Teatro Sérgio Cardoso.

De 3 de setembro a 20 de outubro, as apresentações acontecem às quintas, sextas e sábados, às 20h, e aos domingos, às 17h. Os ingressos já estão à venda e custam a partir de R$20.

O espetáculo contempla desde a fase da adolescência, quando ela viveu como interna no Colégio Orsina da Fonseca, o casamento com Oscar Costa, filho de uma família tradicional da Serrinha, até a sua consagração enquanto sambista.

Dona Ivone Lara 

Dona Ivone foi uma das primeiras mulheres a compor para o grupo de elite das escolas de samba carioca. Cantava, compunha samba-enredo e de terreiro, tocava instrumento – o cavaquinho – e dançava um miudinho inigualável. Trouxe refinamento musical para o gênero e garantiu às mulheres que lhe seguiam respeito e mais igualdade em um universo predominantemente masculino. Filha de Oxum, ela é também do candomblé.

Trabalhou com terapia ocupacional por 37 anos – sempre ao lado da médica Nise da Silveira – usando a música como ferramenta para o tratamento de portadores de transtornos psíquicos. Depois dedicou-se à carreira artística, levando o seu samba por todo o país e por quatro continentes. Foi consagrada com prêmios e as suas composições são eternas na sua voz, na de outros artistas e no nosso imaginário.

+ samba: 

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.