Homem é curado do vírus HIV após procedimento arriscado

Um transplante de medula mudou o sistema imunológico do paciente, dando a ele a resistência contra a doença

Por: Redação | Comunicar erro

Diagnosticado com HIV em 2003, um homem inglês (que ainda não teve a identidade revelada) parece ter sido curado após um transplante de células tronco.

Cura do vírus HIV pode estar mais próxima
Crédito: iStock/mrtom-ukCura do vírus HIV pode estar mais próxima

O tratamento foi realizado por conta de um câncer, mas seus médicos decidiram buscar por um doador com uma mutação genética que resiste naturalmente ao HIV, com a intenção de fazer uma experimentação que pudesse eliminar o vírus. O teste deu certo! O transplante mudou o sistema imunológico do paciente, dando a ele a resistência ao HIV de seu doador.

Esse é o segundo caso semelhante, depois que o “paciente de Berlin”, Timothy Ray Brown, foi curado da Aids em 2007, durante um tratamento contra leucemia. Hoje, ele tem 52 anos e vive em Palm Springs, na Califórnia.

Apesar dos dois casos de sucesso, os transplantes de medula são considerados arriscados e perigosos, tanto que falharam em outras pessoas. O procedimento é sempre autorizado pelo paciente, que deve estar ciente de todos os riscos envolvidos.

De acordo com o New York Times, o clima é otimista e muitos especialistas acreditam na cura do paciente inglês. No entanto, cientistas ainda se referem ao caso como uma “remissão de longo termo”, ou seja, não há garantia de que o vírus não irá retornar ao organismo do homem.

Vale lembrar que o transplante de medula não é uma opção viável para o tratamento da Aids e que, nos dois casos em que o vírus HIV foi eliminado, o foco do tratamento era contra o câncer.

De qualquer forma, Annemarie Wensing, virologista do Centro Médico da Universidade de Utrecht, na Holanda, afirmou em entrevista ao NY Times: “Isso vai inspirar as pessoas de que a cura não é um sonho”.

Os detalhes do precedimento e os resultados do tratamento serão divulgados em uma conferência sobre Retrovírus e Infecções Oportunistas, em Seattle (EUA).

Compartilhe:

1 / 8
1
04:53
Netflix e KondZilla lançam ‘Sintonia’, da periferia para o mundo
KondZilla tem razão quando afirma: "A favela venceu". “Sintonia”, a nova série da Netflix, prova isso. A ideia original é dele …
2
04:21
Sinais que indicam problemas no estômago
Ter tosse seca pode ser um sinal que o seu estômago não vai muito bem. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …
3
03:43
O estrago de Frota é maior que o Bolsonaro poderia acreditar
Após ser expulso do PSL, o deputado federal Alexandre Frota confirmou sua filiação ao PSDB, partido de João Doria, governador …
4
03:03
Câmara aprova projeto de lei sobre abuso de autoridade
A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que define quais situações configuram abuso de autoridade. Agora, o texto …
5
04:07
Um pedido de desculpas à Angela Merkel pelas ofensas de Bolsonaro
Depois de dizer a um repórter que ele deveria fazer cocô dia sim, dia não para preservar o meio ambiente, …
6
03:26
Mortes provocadas pelo fim dos radares deveriam ter nome de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro determinou nesta quinta-feira, 15, a suspensão dos radares de fiscalização de velocidade móveis em rodovias federais …
7
04:56
‘Risk’, na Netflix, vaza a imagem não autorizada de Julian Assange
Será que, em um ato de coragem, você arriscaria sua própria liberdade para trazer à tona realidades que manipulam a …
8
07:44
Saiba tudo sobre os métodos anticoncepcionais
Prevenção é essencial quando o assunto é relação sexual. Hoje, há outros modos de prevenção que vão além da pílula e …