Karina Bacchi explica por que escolheu sêmen em banco do exterior

Por: Redação

A atriz e modelo Karina Bacchi está na reta final de sua gravidez de um menino.

Ontem ela contou ao Programa do Gugu como foi a decisão de realizar uma produção independente e o motivo de ter escolhido um doador de fora do Brasil .

Sim ! ????????????????Tenho orgulho da minha história. Me sinto vencedora nessa caminhada também conhecida como Vida – onde cada um tem seu percurso – onde fazemos escolhas mas muitas vezes somos surpreendidos com o que não imaginávamos ou planejávamos. Artista tb é aquele que tira o melhor de cada instante, aquele que celebra a Vida com todas as suas cores e todos os seus muitos desafios e que ao invés de julgar as escolhas alheias, opta por cultivar seu solo e sua felicidade. Não tenho a menor necessidade de provar nada à ninguém, até porque sempre , em algum momento, estaremos sós. Deus conhece minha essência e meu propósito, a Ele devo satisfação, gratidão, o ar que respiro em paz… Sou família, alegria, oceano de afeto, mar de amor, oração … Mesmo quando em raras exceções o que recebi não foi recíproco não foram as lágrimas que me confortaram , foi minha própria visão da Vida que se renovou e me mostrou que sou dona da minha força, sou capaz de me transformar, criar novas asas, vislumbrar novos horizontes e voar ainda mais alto e mais entusiasmada enquanto o tempo também segue voando… Não sou melhor ou menor do que ninguém, de quem seguiu um padrão, de quem se acha mais feliz ou mais realizado. Estamos todos no mesmo barco, cada qual com sua história, em constante evolução, com sonhos a serem realizados ou não, com mudanças no percurso, com ventos soprando contra ou com a correnteza a nosso favor… Porém eu garanto : quando existe verdadeiro e forte Amor pulsando, seja pelo filho, marido, natureza, objetivo de vida, trabalho, amor por nós mesmos ou na sua mais variável forma , sempre nos sentiremos completos, sempre seremos grandes e aptos a seguirmos em frente refletindo essa luz que ninguém é capaz de apagar… Que assim seja o perpetuar dessa jornada, agora acompanhada desse presente precioso ????????: meu filho! Meu amor está chegando e já pode sentir o quanto é desejado. Que os anjos continuem nos protegendo, nos guiando com sabedoria pra que nossa melhor parte se multiplique e se estenda a todos nessa vibração de querer bem … Porque aqui só lapidamos e compartilhamos o que nos faz crescer ❤️…. #karinabacchi #blessed #bacchimae #babybacchi #love

Uma publicação compartilhada por Karina Bacchi ???????????? (@karinabacchi) em


“Fui atrás dos bancos de doadores que minhas médicas indicaram, no Brasil e exterior. E eu vi que fora do Brasil eu teria mais dados do doador. Foi assim que optei por uma empresa de fora, onde eu pudesse ter informações não só físicas, mas informações de saúde, familiares, até entrevista você acaba ouvindo” relatou.

Karina explicou que não é possível ver o doador, apenas fotos da infância e adolescência, além de informações sobre gostos, filosofia de vida, religião, hobbies, etc. Dessa forma a mãe pode verificar se o homem tem características físicas e psicológicas que estejam dentro do esperado por ela.

“No Brasil isso não é liberado, não é pedido, você tem pouquíssimas informações, não tem um quinto disso”.  Veja matéria completa no R7.


O processo de doação no Brasil

Enquanto em outros países a ‘doação’ de sêmen é remunerada – o que também explica o fato do acesso a maiores informações sobre o doador, aqui é proibida, como explica o Portal Brasil:

O texto do CFM veta a exploração comercial da doação de sêmen ou de óvulos – prática comum nos Estados Unidos, por exemplo. Outra regra importante estabelecida pela resolução é aquela que impede que os receptores conheçam os doadores – e vice-versa. Espera-se que, com isso, sejam evitados casos de contestação de maternidade ou paternidade.

Como a doação é fácil e indolor (a coleta é feita com masturbação) e os espermatozoides mantêm suas características originais por até 50 anos após o seu congelamento, a prática da doação é bastante comum no Brasil e no mundo.

Qualquer pessoa saudável do sexo masculino pode procurar um banco de sêmen para fazer a doação – que deve ocorrer de maneira gratuita, segundo a resolução do CFM sobre reprodução assistida.

As características físicas do doador são registradas para que os casais ou mulheres que querem fazer uma produção independente possam ter uma informação mínima sobre a carga genética do doador.

Compartilhe:

1
Câncer de próstata: saiba o que é e como se prevenir da doença
O câncer de próstata é o segundo tipo de tumor mais comum entre os brasileiros. De acordo com informações do …
2
03:38
Cuidados e prevenções para a saúde das mulheres
Dores menstruais parecem típicas, mas podem ser um sinal de endometriose. Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e comunidade, …
3
02:37
Saiba quais são os sintomas do Transtorno bipolar
O transtorno bipolar vai além das variações de humores. Hoje, o Dr. Jair de Jesus Mari, psiquiatra e professor da Unifesp, …
4
01:40
O que é a Fibromialgia e quais os sintomas?
Você já sentiu dores intensas em algumas partes do corpo? Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e comunidade, fala …
5
04:15
Quais são os sintomas que indicam diabetes?
Você sente uma fome excessiva, mas não consegue identificar o por quê? Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e …
6
04:43
Quais são os sintomas da Esquizofrenia?
A esquizofrenia é um dos tipos da psicose, que é um sintoma que descreve condições que afetam a mente. Hoje, o …
7
03:10
Como os fatores sociais impactam a expectativa de vida
Saneamento básico e desemprego são alguns dos fatores que podem impactar diretamente com a nossa longevidade. Hoje, a Dra. Aline de …
8
01:28
Psicose: saiba como identificar
Pensamentos vagos e incoerentes? Como identificar um surto psicótico? Hoje, o Dr. Jair de Jesus Mari, fala sobre os sintomas da …