CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

‘Pais helicóptero’ podem atrapalhar o amadurecimento dos filhos

Um estudo revelou que as crianças precisam ter mais autonomia no controle das emoções

Por: Redação
Crédito: Getty Images/iStockphotoPais superprotetores podem ser prejudiciais para o desenvolvimento da criança, segundo estudo

Ao contrário do que possa parecer, a superproteção dos pais nos primeiros anos dos filhos pode ser prejudicial para o desenvolvimento das crianças, segundo apontou um estudo publicado na Associação de Psicologia e no jornal “Psicologia do Desenvolvimento”.

Durante oito anos, os pesquisadores avaliaram 422 crianças com idades de dois, cinco e dez anos, como parte de um estudo de desenvolvimento social e emocional. Os avaliando eram majoritariamente brancos e afro-americanos, de diferentes estratos socioeconômicos.

A avaliação descobriu que esse tipo de pai, chamado de “pais helicóptero”, além de afetar negativamente o desempenho de uma criança conseguir controlar suas próprias emoções, podem torná-las super dependentes e incapazes de fazer as coisas por conta própria.

“Nossa pesquisa mostrou que as crianças com ‘pais helicóptero’ podem ser menos capazes de lidar com o amadurecimento, especialmente no complexo ambiente escolar”, conta Nicole B. Perry, PhD, da Universidade de Minnesota, e principal autora do estudo.

“As crianças que não conseguem controlar suas emoções e comportamento são mais propensas a agirem dessa maneira na sala de aula, elas têm dificuldade em fazer amigos e se desenvolverem na escola”, completou Nicole.

Ainda segundo os pesquisadores, é importante que as crianças aprendem a controlar sozinhas as próprias emoções, o que não significa que os responsáveis devam abandonar os filhos, pelo contrário, guiá-los quando problemas emocionais se tornarem desafiadores demais.

“Observamos que o comportamento dos ‘pais helicópteros’ incluíam a constante orientação de seus filhos, mostrando a eles com o que brincar, como brincar com um brinquedo, como limpar após as brincadeiras e ser muito rígido ou exigente […]. As crianças reagiram de várias maneiras. Algumas se tornaram desafiadoras, outras foram apáticas e outras mostraram frustração”, pontuou o relatório.

“Nossos resultados ressaltam a importância de educar os pais muitas vezes bem intencionados sobre o apoio à autonomia das crianças para lidar com os desafios emocionais”, destacou os pesquisadores, alertando para a importância do diálogo.

Leia também:

Compartilhe:

Tags:#News
1
O que a ciência e o Ministério da Saúde pensam sobre o coronavírus
Este Giro Catraca Livre vai ser um pouquinho diferente. Ao invés da gente mergulhar num tema e tentar traduzir ele …
2
Estádios e centros de eventos viram hospitais temporários pelo país
Para aumentar a oferta de atendimento médico para os pacientes da covid-19, hospitais de campanha estão sendo construídos em estádios …
3
Coronavírus: bancos de sangue de SP estão baixos e pedem doações
Desde o Carnaval os estoques de sangue de São Paulo operam em sinal de alerta e a situação ficou ainda …
4
Coronavírus: informações importantes para você não entrar em pânico
A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou situação de pandemia de Covid-19, o novo coronavírus. O termo pode assustar, mas …
5
OMS declara pandemia de coronavírus
A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou situação de pandemia de Covid-19, o novo coronavírus. Mais de 109 países foram …
6
Aprenda a lavar as mãos corretamente para se proteger do coronavírus
A epidemia do coronavírus põe o mundo em alerta. Para se proteger contra o vírus, entretanto, basta um método básico …
7
Coronavírus: Brasil está pronto para lidar com a doença, diz ministro
O Ministério da Saúde confirmou na quarta-feira, 27, o primeiro caso do novo coronavírus no Brasil. O paciente é um …
8
Coronavírus: doença pode se tornar uma epidemia no Brasil?
Desde os primeiros rumores do surto de coronavírus na cidade de Wuhan, na China, em dezembro, uma enxurrada de informações …