Residência e Instituto: Conheça a Casa de Vidro de Lina Bo Bardi

Tombada pelo CONDEPHAAT, em 1987, e mais tarde pelo IPHAN como patrimônio histórico, a Casa de Vidro tornou-se um ponto de visita para arquitetos e amantes da arquitetura em geral.

Por: Redação | Comunicar erro

Lina Bo Bardi completaria seus 100 anos em dezembro de 2014. A arquiteta morreu em 1992 aos 77. Um de seus ícones arquitetônicos é a Casa de Vidro, localizada em São Paulo, na região do Morumbi. Projetada como moradia para Lina e seu marido, a habitação, situada em um pedaço da Mata Atlântica, virou sede do Instituto Lina Bo e P.M. Bardi.

Quando chegaram ao Brasil, nos anos 40, Lina e seu marido, Pietro Maria Bardi, fizeram do país sua segunda casa e daqui nunca mais saíram. No ano de 1951 a arquiteta resolveu se naturalizar.

“Naturalizei-me brasileira. Quando a gente nasce, não escolhe nada, nasce por acaso. Eu não nasci aqui, escolhi esse lugar para viver. Por isso, o Brasil é meu país duas vezes, é minha ‘Pátria de Escolha’, e eu me sinto cidadão de todas as cidades, desde o Cariri, ao Triângulo Mineiro, às cidades do Interior e as de Fronteira”, comentou certa vez.

No mesmo ano de 1951, Bo Bardi construiu “A Casa de Vidro”, sua primeira obra, marcada pela transparência das paredes de vidro. Assim, o casal desejava estar próximo de toda ação natural climática, desde tempestades a pores-do-sol.

A casa de Lina

Para Renato Luis Sobral Anelli, arquiteto e um dos diretores da Casa de Vidro, a estrutura da casa, composta de vidro e superfície plenamente transparente, permite um maior contato com os ambientes internos e externos. “A Casa de Vidro, assim como MASP (também projeto de Lina), nos permite uma proximidade com outros elementos, sem manter qualquer mistério. O espaço se apresenta por si só. Essa é uma proximidade que só o vidro permite”, comenta.

O Instituto promove diversas atividades no espaço, como encontros, palestras, visitas, exposições, publicações para pesquisa e vídeos. E uma novidade: de março deste ano a maio, a Casa de Vidro receberá uma exposição especial do arquivo pessoal de Lina Bo Bardi. Serão disponibilizados escritos, projetos e uma parte da obra intelectual de Lina. Vale guardar a data na agenda.

Essa exposição será a última das ações que ocorrem na cidade de São Paulo, em comemoração ao centenário da arquiteta.

Confira algumas imagens da Casa de Vidro e agende sua visita!

Divulgação ©Instituto Lina Bo e P. M. Bardi
Casa de Vidro, São Paulo, SP, em 1951. Desenho de Lina Bo Bardi em perspectiva interna feito com lápis de cor e nanquim sobre papel offset.
Divulgação © Instituto Lina Bo e P. M. Bardi
Lina Bo e seu marido Pietro Maria Bardi na Casa de Vidro, s/d.

 

 

Divulgação ©Instituto Lina Bo e P. M. Bardi/Henrique Luz
Casa de Vidro.

 

 

 

 

Compartilhe: