Lúcio Maia é a figura por trás do Maquinado, liquidificador de referências que vão do rock ao hip hop, do dub às batidas afro-caribenhas, dos ritmos brasileiros à música eletrônica.

O projeto solo do guitarrista da Nação Zumbi chega ao segundo disco, “Mundialmente Anônimo”, que será apresentado nesta quarta-feira, 26, no Centro Cultura FIESP – Ruth Cardoso – Teatro do Sesi, às 20h, com entrada a R$ 10.

Diferenciando-se do disco de estréia, “Homem Binário”, o novo trabalho traz o músico nos vocais em sete das oito faixas cantadas e o peso e distorção da guitarra em quase todo o disco. No repertório, destacam-se “Tropeços Tropicais”, com letra de Lurdez da Luz e as instrumentais “SP” e “Um Recado Para o Lucas Extensivo ao Pio”.

Confira a interpretação ao vivo da canção "Pode Dormir", presente no novo trabalho:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=phT3XC6-uJ4[/youtube]

Maquinado

26 Out
Centro Cultural Fiesp
Avenida Paulista 1313, 1313 Bela Vista - Centro São Paulo - SP (11) 3146-7405 | 3528-2000
Estação Trianon-Masp (Metrô - Linha 2 Verde)
*R$ 10
*R$ 5,00 - meia entrada