divulgação

Créditos:

Série "Aluga-se" traz fotografias de apartamentos desabitados

A problemática da moradia urbana e a relação das pessoas com o espaço privados são as principais reflexões que norteiam a exposição “O Espaço Que Guardamos em Nós”, que entra  em cartaz neste sábado, 11,  no Museu da Imagem e do Som (MIS), com entrada Catraca Livre.

A mostra reúne duas séries de fotografias dos premiados Pedro David e do coletivo Garapa. "Aluga-se”, do mineiro Pedro David, apresenta registros poéticos de apartamentos desabitados, que que propõem uma reflexão sobre a ausência e o silêncio ligado à memória dos que habitaram o espaço. “Morar”, do coletivo Garapa, formado pelos jornalistas Leo Caobelli, Paulo Fehlauer e Rodrigo Marcondes, apresenta uma investigação da paisagem urbana, marcada pela existência e desaparecimento de edifícios.

“O Espaço Que Guardamos em Nós” é uma realização da  Galeria da Rua, com a curadoria de Isabel Amado e fica em cartaz até o dia 11 de dezembro.

O Espaço Que Guardamos em Nós

11 Nov
a
11 Dez

  • de 11/11 a 11/12
    • Domingos das 11:00 às 21:00
    • Terças, Quartas, Quintas, Sextas e Sábados das 12:00 às 22:00


Catraca Livre