divulgação

Créditos:

Mão, por Alex Hornet

Como parte do projeto Outubro Independente, o CCJ (Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso) convidou o artista e grafiteiro Alex Hornest para pintar um painel na área circular do local. Alex, como grande parte dos artistas, começou a desenhar desde pequeno e foi influenciado pelo tio, que pintava quadros. “Eu adorava visitar o ateliê dele e o meu pai sempre me levava”, conta Alex.

O artista, que se dava muito bem nas aulas de Educação Artística, terminou o colégio e resolveu estudar Administração de Empresas e Desenho de Comunicação. “Um [curso] me ajudou a ter noções de como administrar uma carreira e o outro de ver as possibilidades do mercado para trabalhar com desenho e pintura”.

O projeto de pintar um mural, que se parece muito com os muros das ruas tem tudo a ver com o trabalho do artista, já que ele tem uma forte ligação com o graffiti. “Recebi um convite da direção para realizar um painel em uma das laterais do prédio. Aceitei de imediato porque o foco do meu trabalho é a realização de painéis que possam ser vistos por um grande público sem que ele precise se descolocar até um espaço expositivo. Infelizmente a ideia original não se manteve porque vai rolar uma reforma no prédio. Daí surgiu a ideia de pintar a parede circular, que tem uma parte externa.”

O temática recorrente no trabalho do artista sobre as relações entre os habitantes e as cidades vai estar presente no mural. Na pintura, ele vai colorir uma obra que discute a relação entre o espaço público e o privado. “Vou utilizar a área externa e interna. A minha ideia é convidar quem está fora para ver o que tem dentro e vice-versa”, explica Alex.

Durante o processo de execução de seus trabalhos, ele é muito intuitivo e não se prende a rascunhos ou desenhos pré-definidos, prefere criar na hora. “Os acontecimentos ao meu redor vão me influenciando e acabam definindo o que eu vou fazer. Gosto de improvisar. Gosto de me sentir livre para mudar tudo o que eu faço de um momento para o outro e assim acabo, muitas vezes, me surpreendendo com os resultados.”

Créditos:

Painel Pessoas

E a inspiração para construir os traços marcantes vem das pessoas, das grandes cidades, do agito, das construções e do meio que ele vive. Quer conhecer o trabalho de Alex? Os interessados podem passar no CCJ e conferir.

1/4

 

2/4

 

Painel Pessoas

3/4

 

4/4

 

Mão, por Alex Hornet

  •  

    1/4

  •  

    2/4

    Painel Pessoas

  •  

    3/4

  •  

    4/4

    Mão, por Alex Hornet

Painel pintado por Alex Hornest

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.