Seu acervo é tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN desde 1969 e possui atualmente cerca de 8 mil peças, dentre as quais se des- tacam pinturas ocidentais, principalmente italianas e francesas. Do século XIII aos dias de hoje, pode-se apreciar Rafael, Mantegna e Botticceli da escola italiana e Delacroix, Renoir, Monet, Cèzanne, Picasso, Modigliani, Toulouse Lau trec, Van Gogh, Matisse e Chagall da chamada Escola de Paris. O edifício sede do museu, com 11 mil metros quadrados divididos em cinco pavimentos e com um vão livre de 74 metros, é um ícone da cidade de São Paulo. Em 1982 foi tombado pelo CONDEPHA- AT – Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado.

Leitura
A Biblioteca e o Centro de Documentação do MASP guardam, preservam, organizam e divulgam todo o material bibliográfico, iconográfico e histórico existente na instituição. Possuem um acervo especializado em artes. É preciso fazer agendamento para usar o material da entidade. A instituição também promove leitura dramática.

Música e Teatro
O Grande Auditório do MASP recebe, todos os meses, uma variada programação de artes cênicas. Confira o Projeto Letras em Cena, leituras dramáticas que acontecem todas as segundas-feiras, além de espetáculos de
dança e teatro gratuitos.
Todas as semanas, os auditórios do MASP, em parceria com a ArtInvest, apresentam espetáculos musicais, como apresentações de Orquestras Sinfônicas, concertos variados e recitais, entre outros gêneros.