10 destinos nos arredores de Brasília para um bate-volta de ônibus

São destinos para um fim de semana, feriado ou para quando tem evento rolando na cidade

Por: Redação

Tem horas que preciso desconectar. Desacelerar. Nesses momentos, nada melhor que viajar, nem que seja para perto. E apesar de amar dirigir, tem hora que não quero nem saber de pegar o volante. Se você também precisa colocar o cérebro de molho, separei 10 destinos nos arredores de Brasília partindo de ônibus!

São destinos gostosos para um fim de semana, feriado ou para quando tem evento rolando na cidade. Só de lembrar das minhas aventuras, já tô abrindo o sorrisão aqui.  Sério, experimente pegar a estrada vendo os cenários mudarem lentamente pela janela! Sozinho ou acompanhado… é lindeza demais!

Mambaí

Essa é uma das cidades do meu coração! É pertinho de Brasília, mas pouco conhecida e explorada!!! Fui com meus amigos Aerton Guimarães e Alan Borges há cerca de 4 anos. Aproveitamos um feriado e nos mandamos para lá.

Mambaí é uma cidade cheia de cavernas, cachoeiras, labirintos de pedra e atrativos para quem curte uma adrenalina. Até hoje não sei porque ela não estourou. O que é bom… porque mantém o clima do interior que eu amo.

Crédito: Bárbara Lins Mambaí é cheia de cavernas, cachoeiras, labirintos de pedra e atrativos para quem curte uma adrenalina

A cidade tem poucas agências de turismo, mas todas são bem avaliadas. Elas são de moradores da região que conhecem tudo. É descer na rodoviária, contratar uma das agências e ser feliz!!! Veja mais detalhes neste outro post sobre Mambaí aqui.

Mambaí fica a 288 km de Brasília. A viagem dura cerca de 5 horas e custa R$ 90. Também tem a opção de ir para Alvorada do Norte e de lá pegar outro ônibus para Mambaí.

Goiás Velho (Cidade de Goiás)

Já fui para lá várias vezes de ônibus. Tanto sozinha quanto acompanhada. Goiás Velho é uma cidade super tranquila pra se virar sem carro, já que as principais atrações são próximas. Esta é uma cidade para quem quer sentir o tempo passar mais lento. É para relaxar, andar à toa, se perder nas ruas…

O Centro Histórico é uma lindeza só, assim como a Praça do Coreto. Leve um livro, descubra os bairros. Até o cemitério é interessante! Já fui para lá inúmeras vezes e sempre descubro algo novo. Da penúltima vez foi uma prainha na beira do rio que era deliciosa.

Crédito: Bárbara Lins O Centro Histórico da Cidade de Goiás é uma lindeza só

Ah! Ainda tem a Casa de Cora Coralina, poetisa e doceira símbolo da cidade. Pensa numa mulher incrível! Vá lá nutri o corpo com os doces e a alma com as poesias dela!!! Por falar em nutri o corpo, as feiras dos fins de semana são de outro mundo. Cheias de gostosuras nos arredores de Brasília.

Para chegar lá são 320 km. Tem ônibus quase todo dia. A passagem custa R$ 89 e dura cerca de 5h30.

Aurora do Tocantins

Relaxa! Apesar do nome Aurora do Tocantins, fica perto. Minha irmã não acreditou quando falei que dava para gente fazer um bate e volta de Brasília no feriado. Tive que mostrar no GoogleMaps.

Descobri Aurora do Tocantins (ou será que fui descoberta) pelo Instagram. Moradores de lá foram me mostrando quanta coisa legal tem para fazer na cidade. Não tinha ideia. Pra começar, eles tem o menor rio do mundo!!!! E é lindo de morrer!!!! Olha o Rio Azuis…

Crédito: Bárbara Lins Descobri Aurora do Tocantins (ou será que fui descoberta) pelo Instagram

Só por isso valeria a ida, né? Mas tem mais coisas naquela região. Nos arredores é possível visitar dunas, sítios arqueológicos com fósseis de animais da Idade do Gelo, cavernas, cachoeiras e outras coisitas mais.

A passagem de ônibus para lá custa R$ 108. A viagem de 450 km e dura 7 horas. Um dos destinos nos arredores de Brasília para ir num feriado!

Cristalina

Essa foi uma das primeiras cidades nos arredores de Brasília que visitei sozinha de ônibus. Acordei querendo fazer algo diferente. Fui até a rodoviária de carro, vi para onde tinha ônibus que pudesse fazer um bate e volta de Brasília e vazei.

Cristalina é conhecida pelo turismo místico por conta dos inúmeros cristais no solo. Tem ainda uma série de lendas por conta do magnetismo da região e por conta da Pedra do Chapéu do Sol, um bloco de granito de toneladas que está equilibrado numa base de pouco mais de um metro.

Crédito: Reprodução/TVPedra Chapéu do Sol, um dos principais pontos turísticos de Cristalina

Além de tudo isso, tem um rio onde passei bons momentos na minha infância. Em um dos pontos do Rio tem o Balneário Praia das Lages, um lugar delícia com escorregadores naturais.

Cristalina fica a 132 km de Brasília. Viajar de ônibus para lá não tem mistério. São duas horinhas! O valor por pessoa é de R$ 35.

Chapada dos Veadeiros

Esse aí já perdi as contas de quantas vezes fui num bate e volta de fim de semana ou feriado. Pegar ônibus para desfrutar as cachoeiras da Chapada é a coisa mais fácil do mundo.

Chegando na rodoviária de Alto Paraíso você pode ganhar o mundo. Várias agências de turismo ali perto têm destinos incríveis como o Vale da Lua e o Parque Nacional. Além das cachoeiras mais fácil para ir com criança e bebê…. Aqui no blog tem algumas sugestões.

Crédito: Bárbara Lins A Chapada dos Veadeiros abriga rios cristalinos, cachoeiras e enormes paredões de pedra

Conversando com os comerciantes e donos de pousadas você também descobre guias que te levam em locais mais reservados e exclusivos. É tudo de bom!

A passagem de Brasília para Alto Paraíso custa R$ 45 , dura cerca de 4 horas e tem pelo menos 4 saídas ao dia.

Goiânia

Se você não quer saber de cachoeira, que tal um programa mais urbano? Esse eu fiz na época da faculdade para o jornalzinho da UnB. Foi um bate e volta de Brasília para Goiânia sozinha para dar dicas do que fazer para aproveitar a cidade.

E vou te contar… tem muita coisa! Para começar, só de andar pela Avenida Araguaia você já se depara com parques, estátuas e um comercio intenso. Quem gosta de cultura vai curtir o Centro Cultural Marieta Teles. Para quem quer relaxar lendo um livro tem um Bosque dos Buritis e o Parque Vaca Brava, esse último de fácil localização.

Os amantes de esportes podem ver jogos no Estádio Serra Dourada ou no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga. Quem, como eu, ama feira não pode perder a de Cora Coralina, a da Doce Mel, a da Natureza e a da Lua! Enfim… Tem muita coisa legal na capital goiana.

Para Goiânia têm ônibus o tempo todo! Ele custa R$ 55 e a viagem dura 3h30.

Pirenópolis

Essa cidade é para quem quer facilidade na hora de viajar pelos arredores de Brasília. A rodoviária fica num ponto excelente! É tudo muito próximo, tem vários festivais rolando ao longo do ano e a natureza foi bondosa com a cidade, presenteando a região com vários atrativos naturais.

Para quem curte natureza, são mais de 10 cachoeiras. Destaque para minha queridinha, a Cachoeira dos Dragões. Mas tem umas mais fáceis de chegar e acessíveis para idosos e crianças.

Crédito: Bárbara Lins À noite, há bares e restaurante com música ao vivo na Rua do Lazer

Quem for de dia pode curtir os vários museus, mas recomendo se perder nas inúmeras ruas de pedra colonial e de fachadas antigas e coloridas. À noite, há bares e restaurante com música ao vivo na Rua do Lazer. E domingo pela manhã tem uma feirinha em frente à igreja Matriz que é sucesso.

Viagem tranquilona de 3 horas! A passagem para lá custa cerca de R$ 34 e tem mais de três horários de saída por dia.

Formosa

Nossa Senhora! Essa cidade tem tanta coisa para fazer, que eu não sei porque ainda não foi descoberta por todo Brasil. É cachoeira, sitio arqueológico, grutas, cavernas, festas populares… Aqui no blog tem várias coisas que já fiz por lá, como o Sitio do Bisnau, a Cachoeira da Água Fria, o Ecobocaina e outras coisinhas…

Crédito: Bárbara LinsEssa cidade tem tanta coisa para fazer, que eu não sei porque ainda não foi descoberta por todo Brasil

A cidade tem uma história interessante da época do Brasil Colônia. Era conhecida como Arraial dos Couros. Tem um museu bem legal sobre isso lá. Para acessar os atrativos naturais, basta procurar os vários guias que te levam para onde você quiser, inclusive cachoeiras exclusivas, como a JK.

Para chegar em Formosa de ônibus não tem mistério. Tem muito ônibus saindo da rodoviária interestadual. A viagem dura 1 hora e 45 minutos e custa cerca de R$ 25.

Caldas Novas

Outra cidade para quem quer molezinha. A dica para quem não vai de carro é escolher um dos vários resorts, hotéis, residenciais, clubes e afins que tem tudo! Tudo mesmo. Tem as piscinas de água quente, os complexos de lazer, os restaurantes, tudo no mesmo lugar.

Crédito: Bárbara Lins Um dos parques de águas termais de Caldas Novas

A rotina para quem quer relaxar lá é acordar, comer, morgar na água quente e repetir isso inúmeras vezes. Também vale uma ida ao centro da cidade à noite. Tem umas barraquinhas, parquinhos, um movimento bem interessante.

Tem ônibus para lá a partir de R$ 95 saindo da Rodoviária Interestadual. A viagem leva em média 5h30.

Cavalcante

Para encerrar, a mais nova linha de ônibus entre Brasília e as belezas nos arredores da Capital. Antes, quem queria ir para a região da famosa Cachoeira de Santa Bárbara de ônibus tinha que primeiro ir para Alto Paraíso. Agora tem ônibus direto para Cavalcante!

Crédito: Bárbara Lins Agora tem ônibus direto para Cavalcante

Além da Cachoeira de Santa Bárbara, Cavalcante ainda tem a Cachoeira da Capivara (minha predileta), a recém descoberta Cachoeira dos Dragões, uma cervejaria artesanal divina e um povo para lá de acolhedor.

A linha entre Brasília e Cavalcante foi inaugurada agora em dezembro. Custa R$ 60 o trecho. Leva cerca de 5 horas para chegar lá.

Bônus

Além dessas, vale dar uma olhada em Corumbá, Cocalzinho e Olhos D’Água. São cidades aqui pertinho que eu amo. Todas têm aquele clima do interior e muita história para contar.

Outra dica é olhar o site do Juntos a Bordo, que tem ofertas e promoções. É o site da Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros (ABRATI).

Vamos aprender a desacelerar! Sei que não é fácil. No começo, queria mil coisas para fazer quando viajava. Queria tudo rápido. Impondo meu ritmo acelerado e de eficiência para tudo.

Mas olha… viajar é experimentar. É se propor a viver coisas diferentes, olhar para tudo com o olhar do estrangeiro, mesmo estando pertinho de casa. E é só com c(alma) que a gente consegue descobrir mais sobre outros lugares e sobre nós mesmos.

Por Bárbara Lins, do blog Descobertas Bárbaras


Imagem Carnaval Sem Assedio
1
03:32
Viva Chile: um passeio pela beleza da Cordilheira dos Andes
Está com viagem marcada para Santiago e ainda não faz ideia do que fazer na capital chilena? Então, antes de …
2
05:22
Conheça os brinquedos mais radicais dos parques de Orlando
A Catraca Livre foi para a Flórida, nos Estados Unidos, conhecer os parques mais divertidos da região a convite do …
3
03:24
Vovó deixa presídio e ensina como viajar pelo mundo
"As Melhores Surpresas do Mundo" é  o programa que discute as coisas mais inovadoras e surpreendentes que o mundo oferece.--------------------------------------------------------DIREÇÃO: …
4
02:25
9 lugares incríveis para visitar de graça em Belo Horizonte
O Circuito Liberdade é um grande complexo cultural localizado em Belo Horizonte. Prédios públicos ganharam novos usos para hospedar arte …
5
01:49
9 lugares com uma vista incrível no Rio de Janeiro para você fotografar
Conheça 9 lugares incríveis e de graça para você curtir as paisagens do Rio de Janeiro e ainda tirar fotos …
6
01:31
O que fazer em caso de bagagem extraviada pela companhia aérea?
Um dos maiores medos de que vai pegar o avião é perder a bagagem. Saiba como proceder em uma situação …
7
01:17
Sky Costanera, o maior observatório da América Latina
O Sky Costanera é considerado o maior observatório da América Latina e fica em Santiago, no Chile. Nele é possível …
8
01:01
Zipflyer: a tirolesa só para quem tem MUITA coragem
A Zipflyer, é considerada a maior tirolesa do mundo e fica localizada em Pokhara, no Nepal. Ela conta com 1850 …