13 bons motivos para incluir o Tahiti na sua lista de viagem

Confira aqui porque você deve colocar este tesouro no mapa das suas viagens

Por: Redação | Comunicar erro

O Tahiti, localizado no Pacífico Sul, encanta tanto pelo ar paradisíaco quanto pelo charme da sua cultura. Que é muito rica, aliás. Suas lindas e exuberantes praias de areias brancas e águas de múltiplas tonalidades de azul habitam o imaginário de todos.

O encantador arquipélago formado por 118 ilhas vai muito além do que isto. Confira abaixo 13 motivos porque você deve colocar o Tahiti na sua lista de viagem:

1 – Se casar segundo os rituais da polinésia francesa

Tahiti
Crédito: Tahiti TourismeHotéis e resorts no Tahiti oferecem serviços customizados, capelas e pacotes de casamento

Dizer o “sim” no paraíso, em uma inesquecível cerimônia polinésia tradicional, é mais do que possível. Uma lista de agências e pessoas podem lhe ajudar com o evento e organizar tanto a cerimônia civil quanto a polinésia tradicional. Mais de 30 hotéis e resorts no Tahiti oferecem serviços customizados, capelas e pacotes de casamento. Consulte www.tahiti-tourisme.com.br

2 – Fazer uma viagem de bem-estar

O Tahiti conta com spas espetaculares, localizados em hotéis sublimes como o The Brando, em Tetiaroa, que oferece tratamentos holísticos incomparáveis inspirados em técnicas polinésias internacionais e ancestrais, em um cenário excepcional.

Há outros igualmente fantásticos em hotéis como o Four Seasons e o St. Regis, em Bora Bora, o Intercontinental e o Manava Suite Resort, em Papeete, ou o Kia Ora, em Rangiroa. Lavagem corporal com baunilha, esfoliação corporal com areia e arroz, coco ralado e sal marinho, são apenas algumas, dentre as várias jornadas de spa para se deliciar.

3 – Navegar por águas de cores indescritíveis

Tahiti
Crédito: mvaligurskyTahiti tem praias de areias brancas e águas de múltiplas tonalidades de azul

Repetindo a experiência dos maiores navegadores da história do mundo e seguindo a rota das canoas polinésias, você pode fazer sua própria viagem épica para descobrir ilhas fabulosas a bordo da sua própria embarcação, com tripulação disponível para navegar em itinerários flexíveis, à sua escolha.  A lista completa de opções de empresas e fretamento você encontra em www.tahiti-tourisme.com.br.

4 – Conhecer a cultura e o artesanato polinésio

Tatuagem, tecelagem, bordado, entalhe na madeira e pedra, fabricação de tambores e pareus pintados à mão são itens típicos nos quais você encontrará a história e a cultura da polinésia traduzidas em arte.

Na dança e nos ritmos, os taitianos convidam o ‘mana’ a surgir do mar, descer das montanhas e emanar da alma de todos os homens e mulheres que foram atingidos por seu encanto hipnotizante.

5 – Viver os cenários dos quadros de Paul Gauguin

Tahiti
Crédito: shalamov/iStockO arquipélago do Tahiti é formado por 118 ilhas, cada uma com suas belezas ímpares

Conhecida como “Ilha de Paul Gauguin”, a majestosa e histórica ilha Hiva Oa com paisagens selvagens e indomadas, Tiki gigante de pedra esculpida e visões sobrenaturais, ofereceram inspiração para os olhares primitivos e poéticos do famoso pintor francês.

As ilhas Marquesas também inspiraram palavras apaixonadas do poeta e cantor belga Jacques Brel. Ambos escolheram o arquipélago como seu local final de repouso. Hiva Oa é um paraíso onde a ancestralidade das ilhas do Tahiti vive e respira.

6 – Participar do maior evento de tattoo do mundo e fazer sua tatuagem

Evento internacional e cultural que teve início em 2015 e reúne mais de 15.000 visitantes, o famoso festival de tatuagem da Polinésia francesa, promove, protege e valoriza a tatuagem polinésia –sinais de beleza, e, em épocas anteriores, parte importante da vida, pois sinalizavam o fim da adolescência.

Segundo a lenda, a presença do Tohu, o deus do tatau (tattoo) pintou todos os peixes e oceanos em suas cores e padrões, oferecendo a cada tatau uma essência de significado e vida. Foi nas Ilhas Marquesas que a arte da tatuagem atingiu seu estado máximo de desenvolvimento, em termos da grande riqueza e da complexidade dos temas.

7 – Hospedar-se em charmosas pousadas de famílias locais

Polinésia francesa
Crédito: Atout France Típica casa polinésia na ilha de Moorea

Tão únicas quanto as próprias ilhas, as acomodações locais apresentam a vida cotidiana da região, em pequenas hospedarias, hotéis familiares e pousadas autênticas, um modo profundo de se conectar com o lifestyle dos taitianos.

São propriedades de um a doze quartos ou bangalôs, nas praias, nas montanhas ou vales, ou dentro de uma vila, variando até uma casa de família ou casa privada com tudo incluso. Aqui você também descobrirá experiências culinárias singulares, no melhor estilo “farm to table” com ingredientes locais e receitas tradicionais.

9 – Caminhadas em roteiros surpreendentes

Nem só de belas praias e hotéis incríveis vive o turismo no Tahiti. O esporte também se faz presente no destino e quem gosta de uma boa caminhada pode se aventurar pelas múltiplas possibilidades de rotas e paisagens disponíveis nas ilhas.

As trilhas oferecem percursos com diferentes níveis de dificuldades e incluem desde rotas litorâneas, que passam próximas a riachos remotos, até a travessia de rios, terrenos desafiadores, subidas à cumes que atingem mais de 2.000 metros de altura e rochas vulcânicas particularmente quebradiças.

Para a prática, é de vital importância a contratação de um guia local.

10 – Visitar os templos sagrados em Huahine

Tahiti
Crédito: Damocean/iStockIlha tem mais de 200 estruturas arqueológicas de pedra

A encantadora Huahine, com suas florestas deslumbrantes, paisagem intocada e vilas exóticas é um dos segredos mais bem guardados do Tahiti. Ali é possível viver como um local e visitar lugares incríveis, como os Templos Sagrados Marae, que são feitos de pedra. Há mais de 200 estruturas arqueológicas de pedra na ilha, que além de sobreviverem por séculos, estão dispostas próximas umas das outras.

Outro atrativo que faz do destino um roteiro interessante é o fato de que evidências históricas apontam Huahine como a ilha com a data de registro de ocupação humana mais antiga de toda a Polinésia Francesa.

11 – Visitar as plantações de baunilha

As ilhas de Raiatea e Taha’s são circundadas pelo mesmo recife, compartilham a mesma imensa lagoa e apresentam atrações distintas.

A primeira, Raiatea, é considerada pelos polinésios antigos como um solo sagrado e é ideal para a pratica de mergulhos noturnos ou diurnos. No sudeste da ilha, inclusive, em Marae Taputapuatea há um templo vulcânico acidentado que oferece uma visão do passado, de quando as tribos dominavam a polinésia. O local é reconhecido como Patrimônio Mundial da Unesco em 2017 e vale ser visitado.

Já Taha’a, é silenciosa, de beleza simples e apresenta o contorno de uma flor se vista de cima. O ar com cheiro de baunilha, que é levado pela brisa que flui pelos morros, já indicam a presença de numerosas fazendas de baunilha, um dos atrativos locais que podem ser visitadas pelos turistas. Os tours incluem caminhadas entre as fileiras de orquídeas, trepadeiras e uma demonstração do processo de polinização e cura.

12 – Tomar café da manhã servida numa canoa polinésia

Tahiti
Crédito: Hilton MooreaCafé da manhã chega aos bangalôs de canoa

Bora Bora é um destino de muitos predicados. Suas praias de areias brancas são um verdadeiro convite ao desfrute em suas águas azul-marinho, onde os peixes de cores tropicais animam os jardins de corais. Mas, sem sombra de dúvidas o destaque do destino fica por conta do café da manhã servido na Va’a, que é uma autêntica experiência polinésia.

A refeição é trazida até a sacada privativa dos bangalôs ou até as vilas sobre as águas, por meio de uma canoa polinésia, comumente decorada com flores. A embarcação transporta polinésios que servem frutas frescas, bolos e sucos, enquanto as águas ao redor começam a dar as boas-vindas ao sol nascente do Pacífico Sul. É uma experiência sem igual!

13 – Hospedar-se nos famosos bangalôs sobre às águas

As icônicas acomodações flutuantes, criadas na década de 60, por três amigos provenientes da Califórnia, representam a essência das ilhas do Tahiti e alimentam o sonho e o desejo de milhões de pessoas que anseiam viver a incrível experiência de dormir em suítes luxuosas e equipadas com terraços privativos, piscinas de borda infinita ao lado da cama, redes, banheiras e pisos de vidro para contemplação dos peixes, arraias e inofensivos tubarões tropicais nadando logo abaixo dos seus pés.

Compartilhe:

1 / 8
1
01:45
Visitamos uma fantástica fábrica de chocolate
2
03:24
Vovó deixa presídio e ensina como viajar pelo mundo
"As Melhores Surpresas do Mundo" é  o programa que discute as coisas mais inovadoras e surpreendentes que o mundo oferece. -------------------------------------------------------- DIREÇÃO: …
3
01:20
Karol Conka indica 2 lugares incríveis para conhecer em Curitiba
Convidada pelo Colaí Indica para falar sobre os seus rolês favoritos em Curitiba, cidade natal da rapper, Karol Conka mostrou …
4
03:31
Conheça o Embalse El Yeso, na Cordilheira dos Andes
Perfeito tanto para quem passará várias dias em Santiago, ou até mesmo para quem terá uma passagem breve pela cidade, …
5
02:49
A lama de Brumadinho respinga no governo do Bolsonaro
6
02:25
9 lugares incríveis para visitar de graça em Belo Horizonte
O Circuito Liberdade é um grande complexo cultural localizado em Belo Horizonte. Prédios públicos ganharam novos usos para hospedar arte …
7
01:49
9 lugares com uma vista incrível no Rio de Janeiro para você fotografar
Conheça 9 lugares incríveis e de graça para você curtir as paisagens do Rio de Janeiro e ainda tirar fotos …
8
01:40
Os destinos gastronômicos favoritos dos foodies
Torres de queijo, banquinhos de chocolate e sushis gigantescos. Prepare-se para comer com os olhos com os destinos gastronômicos mais …